30/03
Terceirão põe a mão na massa em experimento de física

IMG_7157

Somente com a teoria nem sempre é fácil entender alguns conceitos e teorias do mundo da Física, certo? Por isso, os terceirões A e B tiveram a oportunidade de colocar a mão na massa e compreender melhor o funcionamento da eletricidade por meio de circuitos.

A aula no laboratório teve como tema os circuitos paralelo, em série e misto. Com a experiência prática, as turmas comprovaram tudo aquilo que haviam estudado em sala de aula.

Colocamos algumas fotos da atividade no nosso Flickr. Clique aqui para vê-las.

27/03
Técnico em biocombustíveis é profissão do futuro

Selo_GuiaDeProfissões-01O Guia de Profissões de hoje é sobre uma profissão que tem grandes perspectivas de crescimento: o técnico em biocombustíveis. O etanol pode estar em crise, mas a produção deve crescer cerca de 200% até 2035, de acordo com a Agência Internacional de Energia (IEA) e o nosso país vai ser responsável por mais de 40% da exportação mundial.

Também conhecido como bioenergia, o curso de três anos tem disciplinas que abragem desde administração à bioenergia. Há aulas de sociologia, filosofia, contabilidade, desenvolvimento do mercado, logística e também as mais técnicas, como quimica, física, biologia, preservação ambiental, processos de biodiesel e gestão da produção.

Há ainda aulas práticas que envolvem análises de amostras de óleo e cana de açúcar, além das aulas na usina-piloto, onde há o acompanhamento da produção de biodiesel e do álcool.

Resumindo: o técnologo trabalha na produção de biocombustíveis, como o etanol e o biodiesel. Ele também controla a matéria-prima, a logísticas, vendas e outras áreas.

É importante que o profissional não deixe de lado os impactos que o processo produtivo tem no meio ambiente. A maior demanda se concentra nas zonas de cana-de-açúcar, no interior de São Paulo. Pode-se trabalhar em usinas, agroindústria ou destilarias.

Aluno do Raízes está em primeiro lugar em campeonato de tênis internacional

O Colégio Raízes está sendo muito bem representado no cenário esportivo internacional. Nosso aluno Pedro Henrique Brizido Marinho Barreto, que faz intercâmbio na Louisburg High School, Estados Unidos, está em primeiro lugar no torneio de tênis da escola.

pedro brizido

O time de Louisburg, tanto do individual quanto duplas, tem conquistado ótimos resultados nas partidas.

Nos últimos dias, Pedro venceu Owen Dement, por 6 sets a 0. A competição ainda não acabou e estamos torcendo para que o Pedro continue conquistando ótimos resultados lá fora.

Parabéns!!!

 

25/03
Alunas do Raízes obtêm certificação de Cambridge

Falar que o inglês é essencial atualmente já não é mais novidade, por isso o Raízes sempre ofereceu um ensino completo do idioma. E os resultados já começam a aparecer. Três alunas, Karol Matrella, Gabriela Urazaki e Bruna Keller, que ser formaram no ensino médio em 2014 acabaram de obter um certificado da universidade inglesa de Cambridge.

cambridge

O certificado pode, sem dúvidas, ser um diferencial no currículo de quem procura um emprego, pois comprova a proficiência na língua inglesa.

A prova foi dividida em três etapas: a primeira foi escrita, tanto de interpretação de texto quanto questões de gramática. A segunda foi o listening – que consistiu na escuta de um áudio e interpretação do que foi dito. A terceira etapa foi a conversação, em que a examinadora fazia perguntas e os candidatos as respondiam.

A Bruna contou para o blog que o inglês aprendido no Raízes colaborou muito para a sua preparação, já que as aulas eram focadas em gramática e interpretação de texto, pontos importantes da prova.

Além disso, ela não deixou de lado o estudo quando chegava em casa. “Eu pesquisei algumas provas na internet para saber mais ou menos o que ia cair. Também pedi dicas para a professora Renata”.

Bruna deixou seu recado para quem deseja prestar a prova e se destacar no mercado de trabalho. “Além de estudar gramática, que é importante, não perca o contato com a língua. Exercitar o idioma em casa pode colaborar na hora H”.

Parabéns para elas!

23/03
Cresce participação de mulheres no mercado editorial

O Dia Internacional da Mulher representa lutas por direitos e uma sociedade mais justa e igualitária entre os gêneros. Para instigar a discussão sobre esse assunto, o professor Guilherme Sakai recomenda a todos a leitura do texto que pode ser acessado clicando aqui.

female writer

O texto em questão traça um panorama sobre a produção literária das mulheres na história da literatura nacional. Há também links para vídeos com depoimentos de algumas escritoras de obras relevantes no cenário brasileiro.

Com exceção das manifestações literárias dos séculos XX e XXI, quase não há nomes de autoras nos manuais e apostilas de literatura. Cabe pontuar que há alguns séculos quase não existia oportunidades de alfabetização e de acesso à literatura à grande maioria das mulheres.

Ainda que estejamos longe de uma sociedade em que todos homens e mulheres têm os mesmos direitos e oportunidades, o número de publicações e obras assinadas por elas aumentou significativamente.

Como sugestão, a seguir estão alguns nomes relevantes de autoras em plena atividade e de autoras cuja produção literária – seja em prosa, seja em poesia – é fundamental para que compreendamos um pouco mais a literatura contemporânea nacional: Veronica Stigger, Noemi Jaffe, Angélica Freitas, Bruna Beber, Alice Sant’Anna, Josely Vianna Baptista, Ana Miranda, Annita Costa Maloufe etc.

20/03
Você sabe o que é o curso de biblioteconomia?

Selo_GuiaDeProfissões-01A palavra-chave no Guia de Profissões de hoje é organização e você vai descobrir o que é o curso de biblioteconomia.

O bibliotecário precisa ser muito organizado, pois é o responsável pela classificação, organização e divulgação do acervo de bibliotecas ou centros de documentação. O mercado de trabalho dessa área está em alta, porque desde 2010 é obrigatória a presença de uma biblioteca em todas as instituições de ensino, públicas ou privadas.

A necessidade por pessoas que dominem tecnologia em diversas plataformas também tem aumentado a oferta de empregos, principalmente por conta das bibliotecas digitais.

O curso, também conhecido como Ciências da Informação e da Documentação e Biblioteconomia, tem duração de quatro anos. As disciplinas incluem línguas portuguesa e inglesa, literatura, história, além das matérias específicas, como registro da informação, história social do conhecimento e das bibliotecas, indexação e arquitetura da informação. O aluno sai preparado para criar sistemas de organização e dados.

Resumindo: o bibliotecário é aquele que organiza e administra as informações de uma base de documentos ou biblioteca, desde filmes, revistas, fotos e documentos aos próprios livros. O mercado de trabalho está em expansão: o profissional pode trabalhar em bibliotecas públicas, em escolas, universidades, museus, editoras, ONGs, centro culturais e associações. Por conta do desenvolvimento tecnológico, outras áreas são a criação de arquivos e bancos de dados digitais.

18/03
Descubra como crescem os fungos

Você sabe como os fungos se reproduzem? A turma do 2º ano está aprendendo sobre o crescimento do corpo de frutificação de cogumelos de diversas espécies.

E, como o Raízes valoriza o aprendizado multimídia, o professor Aurélio, de biologia, separou um vídeo muito legal que mostra como esse crescimento acontece.

Assista abaixo:

 

16/03
Raízes oferece Oficina de Chocolate

oficina chocolate

A Páscoa está chegando, por isso, no próximo dia 24, teremos a nossa oficina de chocolate. Durante a aula, os alunos vão colocar a mão na massa e aprenderão a fazer bombons e ovos de Páscoa.

Todos os alunos do ensino médio podem se inscrever na secretaria até o dia 23. O valor da inscrição é de R$ 5 – já estão incluídos todos os materiais e a matéria-prima que será utilizada.

Quem quiser, pode trazer um amigo. O valor também será R$ 5 e, ao fim da oficina, os estudantes e convidados vão poder experimentar tudo o que foi feito.

Aula de espanhol mistura verbo e atividade física

Quem disse que não dá para aprender espanhol de uma maneira divertida? O professor Roberto Carlos organizou uma atividade muito dinâmica para os alunos do 1º ano A.
atividade espanhol (6)
Com o objetivo de desestruturar o método tradicional de conjugação verbal da língua latina, os alunos tiveram que se distribuir em grupos e equilibrar seus corpos em um pé só, enquanto conjugavam os verbos irregulares no presente do indicativo. O movimento físico ativa todo o corpo e, ao invés de estar focado no espanhol, o aluno fica focado na atividade. Dessa forma, a conjugação era fixada ludicamente. Muito legal, não é? Clique aqui e veja mais fotos da atividade no nosso Flickr.