21/08
Seminário de Literatura

Processed with MOLDIVA professora de literatura propôs aos alunos do terceiro ano, um seminário, onde puderam aprofundar seus conhecimentos sobre os principais autores do modernismo.

A sala foi dividida em grupos,e cada grupo pesquisou sobre um autor ou autora pertencente à 2ª fase do modernismo brasileiro, dentre eles podemos citar Érico Veríssimo, Jorge Amado, Raquel de Queiroz, José Lins do Rego e outros nomes.

Os grupos foram bem criativos, trazendo a biografia dos autores e sua principal obra comentada. Apresentaram também vídeos e curiosidades sobre as celebridades.

Essa atividade contribuiu para ampliar a biblioteca cultural dos alunos, levando a todos uma reflexão crítica e literária sobre o Brasil.

Confira aqui as fotos!

18/08
Mensagem escondida

WhatsApp Image 2017-08-10 at 19.34.11Os alunos do 1º ano do Ensino médio, desenvolveram uma atividade sobre propriedades de potenciação e radicais.

Com a base teórica matemática sobre o assunto, que a radiciação é uma operação matemática que envolve um produto (multiplicação) cujos fatores são todos iguais em seu fundamento, isto é, uma “potência”.

E nas potências, é dado um número chamado base, que é multiplicado por si mesmo vezes (n é o expoente). Na radiciação, é feito o contrário: é dada a potência a fim de encontrar a base.

Com materiais bem simples como: folha sulfite, lápis, caneta e borracha a professora propôs como estratégia de aprendizado que os alunos  fizessem uma atividade em duplas.

Receberam uma folha de sulfite com um código , letras do nosso alfabeto , cada letra era um cálculo ,uma aplicação de propriedades de potenciação e radicais . A solução seria decodificar e formar uma frase secreta .

Veja outras fotos aqui

16/08
Sopa de letras

WhatsApp Image 2017-08-09 at 12.36.45 (1)-espanholO professor de espanhol propôs uma aula para que os alunos desenvolvessem habilidades orais e a pronúncia na Língua Espanhola, a fim de enriquecer o vocabulário.

Em grupo os alunos são sensibilizados  a enfrentar a atividade como uma competição.

Com tempo limite cada grupo precisou completar palavras e frases de acordo com o material recebido. Ganha quem terminar primeiro; depois cada um explica a estratégia usada na brincadeira para estabelecer qual foi a melhor.

Ao fim da atividade trabalha-se oralmente a pronúncia e os significados.

Além de estimular os alunos a falarem a língua espanhola, essa atividade proporcionou a eles habilidades como administração de tempo, trabalho em equipe e desenvolvimento interpessoal.

WhatsApp Image 2017-08-09 at 12.36.45

09/08
Discussão sobre o Realismo

Saindo do contexto romântico da literatura,os alunos do 2º ano iniciaram uma importante discussão sobre o realismo e para contribuição da biblioteca cultura dos alunos a prô de literatura propôs uma leitura densa e bem realista sobre o livro “O Primo Basílio”, que é uma importante obra de Eça de Queirós, um dos autores mais celebrados da literatura portuguesa.

Inicialmente publicada em 1878,Queirós faz uma análise da sociedade portuguesa para determinar quais eram os vícios e os males que prejudicavam profundamente o desenvolvimento de Portugal.

Narrado em 3ª. pessoa, narrador – onisciente, Eça traça uma panorama da sociedade de sua época, a partir da composição de tipos sociais. Jorge e Luísa formam um jovem casal pertencente à burguesia de Lisboa.

o primo basilio

Luísa vive um casamento morno com Jorge e vive de fantasias.Quando Jorge parte para uma viagem de trabalho. Durante sua ausência, Luísa recebe a visita de um antigo namorado de juventude, seu primo Basílio, residente em Paris. Admirado com a beleza da moça, Basílio envolve Luísa em um jogo de sedução, que faz com que ela se imagine vivendo uma das aventuras amorosas de suas leituras românticas. Eles se tornam amantes, passando a trocar bilhetes e cartas de amor.

Juliana ( a empregada da família) rouba algumas cartas trocadas entre os amantes e inicia uma chantagem a Luísa. Luisa conta um plano de fuga para Basílio, no entanto este se recusa e retorna a Paris.

Envolvidos nessa trama, os alunos participaram de uma importante discussão sobre os valores culturais e sociais de uma sociedade, com o objetivo de ampliar os conhecimentos e sua visão crítica.

 

07/08
Game para aprender filosofia

Filosofia pode ser um assunto que assusta muita gente. Só falar em “Sócrates” ou “existencialismo” e o pessoal já corre, ainda mais quando se lembra de livros imensos daquela linguagem pouco acessível. Procurando ensinar filosofia de uma maneira divertida, a Superinteressante lançou um game que promete divertir muita gente (principalmente os amantes de jogos consagrados de luta como Street Fighter e Mortal Kombat). Trata-se do Filosofighters.

– Jogue o Filosofighters no site da Super!

game filosofiaA ideia é simples: nove filósofos emblemáticos da história, como Karl Marx, Jean-Paul Sartre e Nicolau Maquiavel, duelam em uma luta que os idealizadores chamam de “batalha de ideias”. O mais legal do conteúdo é que cada personagem tem dois golpes especiais, que remetem aos conceitos trabalhados em seus estudos.

Friedrich Nietzsche, por exemplo, o famoso filósofo alemão que tratou de valores e moralidade em seus estudos sobre o ser humano, tem dois golpes especiais: “Deus está morto” e “O Super-Homem”.

“Deus está morto” faz referência à fala de Nietzsche em “Assim Falou Zaratustra”. Para ele, a crença em Deus não tem sentido e que, sem religião, o homem pode conhecer o valor deste mundo e assumir sua própria liberdade.

Então? Vamos embarcar nessa?

Que comecem os jogos!

O campeão 1º lugar dos textos mais lidos: Aprendendo a fazer o jogo cara a cara

O campeão entre os textos mais lidos do nosso blog, vamos aprender e nos divertir com o jogo cara a cara.

Alguns jogos clássicos são tão divertidos que voltam a ser fabricados, mesmo que com uma cara diferente.

Um deles é o Cara a Cara, jogo de adivinhação muito bacana para treinar a capacidade de dedução e memória dos jogadores, principalmente de crianças a partir dos 6 anos.

Imagem 010 cara a cara

Nesse joguinho de dupla, é preciso adivinhar de quem é a cara que o adversário esconde. A Priscila Okino, do grupo Muriquinhos – que faz experiências e pesquisas de brinquedos e brincadeiras ecológicas –, ensinou lá no blog do grupo como fazer esse jogo em casa.

Como a gente sabe que os alunos do Raízes adoram fazer seus próprios brinquedos reaproveitando materiais – tanto que nesta sexta-feira alguns trabalhos feitos com a prô Jéssica, da Educação Ambiental, estão expostos na escola – aqui vai mais uma ideia de diversão.

Vocês vão precisar de duas caixas de papelão de 30 cm x 20 cm, facilmente encontradas em supermercados; duas caixinhas de sabonete; 40 tampinhas de suco de caixinha; cola instantânea; papel-cartão; tinta guache; pincel; tesoura sem ponta; 40 imagens pequenas de “pessoinhas” e 40 imagens grandes (elas devem ser iguais).

Primeiro vocês terão de pintar as caixas e colar as figurinhas pequenas nas tampinhas (20 para cada jogador). Depois, colem as tampinhas em cada caixa de papelão e numerem os personagens na abertura de cada tampinha (de 1 a 20, sem repetir). Em seguida, recortem o papel-cartão, formando 20 cartas. Em cada uma delas, colem uma das figuras grandes e escrevam o mesmo número que está na figura igual pequena.

cara_a_cara

Para brincar, cada jogador sorteia um cartão grande. Depois, os dois se alternam com perguntas sobre como é a “pessoinha” do outro, por exemplo: “usa óculos?”, “tem barba?”, “é mulher?”. Só vale responder “sim” ou “não” e ganha quem descobrir primeiro o personagem do outro.

O passo a passo vocês também podem ver no blog do Muriquinhos, neste link aqui, onde há fotos mostrando cada etapa, ou no site da Folhinha, neste link aqui, por meio de uma animação bem bacana.

04/08
Jogo da Queimada

A Prô Lissandra propôs  na aula, conhecer diversas formas de jogar a queimada e verificar como as regras são necessárias e fáceis de serem adaptadas em cada situação. 

IMG_9006Este jogo é bastante difundido na cultura escolar de grande parte das escolas,jogando o aluno desenvolve seus pensamentos, movimentos, cria estratégias, resolve situações problemas o que gera mecanismos de socialização .

O jogo de queimada também pode ser conhecido por outras denominações, como: Barra Bola; Bola Queimada; Cemitério; Mata-mata; Mata-soldado; Queimado; Caçador no estado do Paraná e Rio Grande do Sul; Carimba no estado do Ceará; Baleado no estado da Bahia.

IMG_9007A brincadeira do jogo de queimada não existe número estabelecido de participantes, as regras não são muito rígidas, porém o objetivo é o mesmo: Eliminar a equipe oposta.