06/11
Globish and Culture

inglesOs alunos do segundo ano realizaram um trabalho com o tema Globish: as inúmeras maneiras de se aprender a Língua Inglesa.

Com base nos conceitos discutidos em aula, os alunos em grupos montaram apresentações que mostravam como o Inglês se tornou a língua mundial e como podemos aprender a mesma através de diferentes meios: livros, vídeo games, aplicativos, assistindo séries.

Além de revisarem os conteúdos, eles puderam discutir sobre as mais diversas maneiras de inserir o inglês nosso cotidiano.

13/09
Como o Inglês virou a língua global

ingles global

A Teacher Sthefany nos traz uma curiosidade sobre como o inglês virou a língua global.

Vamos conferir?

Globish é uma versão simplificada do inglês Anglo-americano, usado como língua franca em todo o mundo. A termo Globish é uma mistura das palavras: globais e inglês, foi cunhado pelo empresário francês Jean-Paul Nerrière em meados da década de 1990.

“Globish parece ser inglês sem expressões idiomáticas, tornando mais fácil para os não-anglófonos para entender e se comunicar com o outro “(Antropologia da linguagem, 2008).

Isso só ocorre porque, com a globalização e os Estados Unidos como potência econômica hegemônica, o inglês tornou-se a língua base para qualquer contato exterior. Atualmente, 840 milhões de pessoas falam inglês. Mas apenas 340 delas o têm como primeira língua. O restante, 510 milhões, é de pessoas como nós, com sua língua nativa, e esforçados em garantir o inglês como segunda opção. E assim, nas nossas conversas, a língua se transforma.

O Globish é formal, mas menos engessado e mais eficiente. E sua base, é claro, é um bom ensino da língua, em experiências que potencializam o aprendizado, como um período de intercâmbio. Fora do país – e de sua zona de conforto -, sua capacidade de comunicação cresce e a adaptação acontece. E é aí que o Globish entra em cena.

15/06
Conheça três aplicativos para o aprendizado do inglês

Para facilitar o aprendizado da língua inglesa, a teacher Aline indicou três aplicativos muito bacanas.

Um deles é o dicionário Merriam-Webster, disponível no Google Play e na App Store. Os outros dois são o The Phrasal Verb Machine e o Phrasalstein, aplicativos da Cambridge University também disponíveis nas versões para Android e iOS.

Além das definições das palavras e expressões idiomáticas, os aplicativos oferecem jogos incentivando o aprendizado do inglês.

Bora baixar?

06/04
Seminário de inglês

Aprender inglês é mais do que aprender a se comunicar com uma segunda língua, é também uma oportunidade de conhecermos outras culturas. Com o objetivo de estudar culturas de países que têm o inglês como primeira língua e ainda descobrir variações da língua inglesa, as turmas do 1º ao 3º ano participaram de um seminários na aula de inglês.

Para o 1º ano, o tema foi “Tipos de família – construção familiar, cultura e tradição dos países”. O 2º ano trabalhou o tema “Diferentes países onde o inglês é falado”. Já o seminário do terceirão foi sobre “Estilos Musicais, suas características e origem”.

As fotos dos seminários já estão no Flickr do Raízes. Para ver os trabalhos, é só clicar aqui.

18/11
Let’s sing!

Já que as férias estão quase aí, que tal se divertir um pouquinho com o inglês?

Para quem gosta de música internacional, a teacher Renata indica o site LyricsTraining. Dá para acompanhar a letra e interagir com a página, ajudando a completar a música.

Ou se ainda é curioso para saber como são as rádios de fora do Brasil, uma boa opção é o site Heart Radio. “Essa é uma rádio londrina e podemos não só escutar músicas, mas bem como as notícias e propagandas. E o mais legal, o sotaque é britânico”.

23/09
BBC Learning English

A dica para quem quer estudar inglês em casa praticando as quatro habilidades – listening, speaking, reading e writing – é ficar de olho no site BBC Learning English.

“O canal é excelente! Traz atualidades e notícias de todos os gostos e, o mais legal, ensina expressões em inglês dos países falantes dessa língua”, contou a teacher Renata.

Ela destacou que, para o 2º ano e o terceirão, que já aprenderam english idioms e phrasal verbs, o site é uma ótima pedida. E para a galera do 1º ano, que está vendo tecnologia, a BBC oferece muito conteúdo sobre o assunto.

Para começar agora mesmo a pesquisar no endereço, é só acessar www.bbc.co.uk/worldservice/learningenglish.

25/08
Fotos da prova preliminar Cambridge

A galera do terceirão participou na última sexta-feira (22) de uma avaliação preliminar para saber qual exame de certificação da Cambridge cada aluno deverá fazer.

As fotos da prova já estão no Flickr do Raízes. Para ver as imagens, é só clicar aqui.

18/08
Prova preliminar para a certificação Cambridge

Atendendo ao pedido dos próprios alunos, agora a galera do terceirão do Raízes também fará um exame de proficiência na língua inglesa, aplicado pela Cambridge English Language Assessment.

As certificações dos exames de Cambridge são exigidas em universidades do Reino Unido, da Austrália e da Nova Zelândia e são muito procuradas na Europa por quem quer demonstrar proficiência em inglês voltada ao mercado de trabalho.

As provas de Cambridge são divididas em cinco níveis: Key English Test (KET); Preliminary English Test (PET); First Certificate in English (FCE); Certificate in Advanced English (CAE); e Certificate of Proficiency in English (CPE).

Para classificar os alunos do terceirão por níveis e, dessa forma, saber qual exame é o mais adequado para cada um, na sexta-feira (22) os estudantes participarão de um teste preliminar na unidade da serra, às 15 horas.

Não deixem de participar, pois além de verificar seus conhecimentos no idioma, vocês também receberão uma certificação internacional, certo?

04/07
Você sabe o que é um idiom?

A língua inglesa, assim como a portuguesa, está cheia de expressões idiomáticas.

Chamadas de idioms, estas expressões são frases que, ao serem traduzidas palavra por palavra, não fazem o menor sentido.

Só para vocês entenderem, vamos dar um exemplo de uma expressão idiomática em português: chutar o balde. Vocês já devem ter usado esta frase quando desistiram de alguma coisa ou quando estavam com raiva.

Se traduzirmos ao pé da letra esta expressão para o inglês, teremos a frase kick the bucket. Só que o engraçado disso é que “kick the bucket” também é um idiom e seu real significado é “bater as botas” (completamente diferente de “chutar o balde”).

Para não correr o risco de se expressar incorretamente em inglês, a teacher Renata indicou o portal Idiom Site, que possui vários idioms e seus significados.

Vale a pena dar uma olhadinha e depois treinar seu inglês com estas frases!

05/06
Mais inglês com música

Exercitar o listening, ou seja, nossa audição em relação à língua inglesa, é uma ótima forma de falar corretamente o idioma. “A prática auditiva nos ajuda a identificar as palavras em inglês e, consequentemente, melhora a fala”, contou a teacher Renata Cordeiro.

Com o objetivo de treinar a habilidade de audição em inglês dos alunos do 1º A, a teacher trabalhou com a sala a música “Firework”, da Katy Perry. “Dessa vez, trabalhamos de forma diferente e com um nível de dificuldade leve. Eles tinham a letra da música completa, porém com erros. Os alunos deveriam encontrar os erros e reescrever de maneira correta”.

Depois de curtir o clipe da música aqui no blog, vocês podem dar uma olhadinha nas fotos que a teacher Renata fez da turma e que já estão no Flickr do Raízes.