18/08
Mensagem escondida

WhatsApp Image 2017-08-10 at 19.34.11Os alunos do 1º ano do Ensino médio, desenvolveram uma atividade sobre propriedades de potenciação e radicais.

Com a base teórica matemática sobre o assunto, que a radiciação é uma operação matemática que envolve um produto (multiplicação) cujos fatores são todos iguais em seu fundamento, isto é, uma “potência”.

E nas potências, é dado um número chamado base, que é multiplicado por si mesmo vezes (n é o expoente). Na radiciação, é feito o contrário: é dada a potência a fim de encontrar a base.

Com materiais bem simples como: folha sulfite, lápis, caneta e borracha a professora propôs como estratégia de aprendizado que os alunos  fizessem uma atividade em duplas.

Receberam uma folha de sulfite com um código , letras do nosso alfabeto , cada letra era um cálculo ,uma aplicação de propriedades de potenciação e radicais . A solução seria decodificar e formar uma frase secreta .

Veja outras fotos aqui

16/08
Sopa de letras

WhatsApp Image 2017-08-09 at 12.36.45 (1)-espanholO professor de espanhol propôs uma aula para que os alunos desenvolvessem habilidades orais e a pronúncia na Língua Espanhola, a fim de enriquecer o vocabulário.

Em grupo os alunos são sensibilizados  a enfrentar a atividade como uma competição.

Com tempo limite cada grupo precisou completar palavras e frases de acordo com o material recebido. Ganha quem terminar primeiro; depois cada um explica a estratégia usada na brincadeira para estabelecer qual foi a melhor.

Ao fim da atividade trabalha-se oralmente a pronúncia e os significados.

Além de estimular os alunos a falarem a língua espanhola, essa atividade proporcionou a eles habilidades como administração de tempo, trabalho em equipe e desenvolvimento interpessoal.

WhatsApp Image 2017-08-09 at 12.36.45

14/07
11º lugar: Ouvindo Rádio

Você sabe como funciona uma emissora de rádio?

Além da pergunta do título acima, vale acrescentar outra: e o que isso tem a ver com física? Mas é justamente na física que está a resposta para como fazer um som se propagar através de ondas eletromagnéticas pelo ar.

Com o 11º post mais lido vamos aprender como funcionam as transmissões e como muita gente perseguia essa ideia no fim do século 19: quem arranjasse um meio de substituir os telégrafos e cabos usados para mandar mensagens ficaria rico. O italiano Guglielmo Marconi conseguiu fazer o som ser transmitido para um receptor sem o auxílio de fios e é considerado o inventor do rádio, apesar de outros terem conseguido resultado semelhante, como o brasileiro Roberto Landell de Moura.

Hoje a tecnologia não é usada só para transmitir músicas nas mais de 7 mil estações oficiais do Brasil mas também é a base para o funcionamento de vários apetrechos, de celulares a controles remotos.

Boy listening to portable radio --- Image by © H. Armstrong Roberts/CORBIS

Aí vão os cinco passos básicos que explicam como o som chega até aos aparelhos de rádio:

1. No estúdio de uma emissora de rádio, o locutor fala ao microfone, que é um “transdutor”, e recebe a vibração da voz em ondas mecânicas e as converte em corrente elétrica.

2. O microfone é ligado à mesa de som, assim como o tocador de CD ou MP3 e o computador onde ficam armazenados comerciais, efeitos sonoros e, claro, músicas. A função da mesa de som é unir esses sons a outros, como as ligações telefônicas dos ouvintes.

3. O sinal em forma de impulsos elétricos que sai da mesa é fraco, por isso ele passa por um amplificador, que aumenta a intensidade de corrente elétrica por meio de um circuito eletrônico. Essa amplificação pode ser de centenas ou milhares de vezes, dependendo da área atingida

4. No alto da emissora fica a antena – lá, é mais fácil evitar que o sinal seja interrompido por prédios ou acidentes geográficos. Ela recebe os sinais elétricos e os transforma em ondas eletromagnéticas. Cada antena emite dois tipos de sinal juntos: a onda portadora, que leva a frequência da rádio, e a corrente ampliada, que contém o som

5. Esses sinais chegam até o aparelho de rádio. Quando mexemos no dial, um circuito interno faz com que a antena do aparelho oscile de acordo com cada estação. Os alto-falantes, então, convertem as ondas elétricas em vibrações mecânicas, que são o som propriamente dito.

E, para terminar, vale uma última pergunta: você ainda ouve rádio?

08/07
Aulas de reforço ajudam os alunos

Post_Raízes Ensino Médio 2015-06

Sabemos que algumas disciplinas são complicadas de entender, com fórmulas e regras que muitas vezes confundem a cabeça do aluno.

Para não deixar aquelas dúvidas se tornarem uma bola de neve e o estudante se prejudicar na hora da prova, o Raízes oferece aulas de reforço e plantões dias antes das provas bimestrais e simulados. Tudo para dar aquela forcinha extra e apoiá-los nas horas mais decisivas.

Com isso, eles se sentem cada vez mais confiantes e prontos para participar dos vestibulares mais concorridos do país. Não é à toa que o Raízes tem um alto índice de aprovação em universidades públicas.

24/06
Você sabe o que é luz síncroton?

michel 24

O professor Michel indicou uma curiosidade sobre a física contemporânea que vale muito a pena conhecer..

O Brasil é um dos países que domina a tecnologia da luz síncroton. Você já conhecia este tipo de radiação eletromagnética?

Ela é usada para coletar importantes informações sobre a estrutura de corpos em nível molecular. O processo de obtenção deste tipo de radiação envolve tecnologia de ponta, na qual os elétrons são acelerados a velocidades próximas da luz por meio de eletro-ímãs.

No Brasil, isso é feito no Laboratório Nacional de Luz Síncroton, em Campinas. Também há em projeto o Sirius, uma nova fonte de luz síncroton para o Brasil.

Saiba mais acessando os links sobre luz síncroton, clicando aqui e sobre o Laboratório Nacional de Luz Síncroton, clicando aqui

15/06
Dica do professor: curiosidades sobre as fronteiras

1

As fronteiras dizem muito sobre o relacionamento entre os países. Pensando nisso, o professor Fábio, de geografia, indicou uma reportagem muito curiosa para ajudar aos alunos  que estão estudando sobre aldeia global.

Essa divisão entre países distintos mostram diversas características, avanços e estagnação, preservação, esgotamento, humanização e indiferença. Após visitar o link abaixo e ver esta sequência de imagens, você poderá perceber que a ideia de aldeia global é somente uma ilusão.

Para ler a reportagem indicada pelo professor, clique aqui

O que é liberdade para você?

IMG_7780

Quem não quer ser livre para ser e fazer o que bem entender?

Pensando nessa questão, o professor Vagner, de filosofia, fez mais uma atividade bem interessante sobre o tema com a turma do terceirão.

Para que eles entendam realmente que a liberdade não é algo dado, mas resulta da construção do sujeito moral e da consciência de si, o professor fez um debate no qual os alunos desenvolveram a habilidade da crítica, podendo sair do senso comum e criando uma dinâmica filosófica.

Veja como foi o debate no nosso Flickr clicando aqui.