16/05
Um bom filme para aprender

0bd2eb446c1a5d7742f88c29cc58f9fe

capa-celular-moto-g-g2-poderoso-chefo-godfather-filme-D_NQ_NP_692301-MLB20296272302_052015-FOs filmes foram feitos para emocionar, alegrar e surpreender .Muitos deles mostram personagens com características bem marcadas. Características culturais, seja nas gírias, ou no sotaque, seja no modo de viver ou através de fatos relembrados de acordo com seu lugar de origem.

Os filmes tem uma importância cultural muito grande, pois é através deles que descobrimos os costumes de terras, as quais nunca visitamos. Um bom filme promove várias reflexões nos alunos e no professor, estabelecendo uma intensa relação no processo ensino –aprendizagem.

A cinematografia é uma excelente ferramenta para contextualizar os conteúdos estudados nas apostilas. Então seguem algumas dicas para os alunos:

Para os alunos do 3º ano indicamos “ The God father”, “ The god, the bad, and the ugly” e “Diários de motocicleta”.

Para o 2º ano, já indicamos “An inconvenient thruth”, “ Os dez maiores desastres naturais” e “ The get down”.

E 1º ano os filmes são “ Marley e eu” e “Sempre a seu lado”.

Agora é só preparar a pipoca e se emocionar!

04/05
Visita Monitorada

braz cubasNo dia 08/05/2018, terça-feira, o Colégio promoverá, aos alunos do Ensino Médio, uma visita monitorada à Universidade Braz Cubas. O ponto de encontro entre alunos e professores será em frente ao Ginásio Municipal de esportes às 7h30.

Neste dia não haverá aula no Ensino Médio.

Lembramos ainda, que o prazo para entrega da autorização assinada pelo responsável é dia 07/05 (segunda-feira), na secretaria do Colégio.

20/04
Quanto custa a energia?

IMG_0628 IMG_0632A energia elétrica é parte fundamental do nosso dia a dia. Hoje é muito difícil imaginar a vida sem as facilidades e os benefícios que os aparelhos eletrônicos nos proporcionam.

Tão importante quanto reconhecer sua importância histórica é saber otimizar o uso da energia no nosso cotidiano.

A aula de física teve esse propósito. Nessa atividade, os alunos foram divididos em grupos, e foi atribuído a cada um deles um envelope correspondente a um cômodo da casa.

Cada envelope continha diferentes aparelhos eletrônicos e suas respectivas potências. A proposta da atividade era estimar o gasto mensal de energia da casa.

Cada grupo discutiu o tipo de uso típico dos aparelhos e calculou o gasto de energia. Pesquisando sobre o valor de KWH no Estado de São Paulo, foi possível complementar a atividade  e calcular o valor total da conta.

Além do aprendizado físico, a atividade proporcionou uma sensibilização a respeito do nosso custo de vida.

30/08
Boas Vindas às cores da Primavera

BOAS VINDAS ÀS CORES DA PRIMAVERA

DIA: 23/09-8H30 ÀS 12H NO PARQUE CENTENÁRIO

LOCAL DE ENCONTRO: NA PORTARIA DO PARQUE

Haverá várias atividades programadas para o evento, como:

  • Caminhada
  • Alongamento
  • Pic Nic
  • Premiação do concurso de desenho

Lembrando que os alunos deverão estar devidamente uniformizados e acompanhados de seus responsáveis durante o evento.

O que levar neste dia: água, lanche para o pic nic, boné e protetor solar.

04/08
Jogo da Queimada

A Prô Lissandra propôs  na aula, conhecer diversas formas de jogar a queimada e verificar como as regras são necessárias e fáceis de serem adaptadas em cada situação. 

IMG_9006Este jogo é bastante difundido na cultura escolar de grande parte das escolas,jogando o aluno desenvolve seus pensamentos, movimentos, cria estratégias, resolve situações problemas o que gera mecanismos de socialização .

O jogo de queimada também pode ser conhecido por outras denominações, como: Barra Bola; Bola Queimada; Cemitério; Mata-mata; Mata-soldado; Queimado; Caçador no estado do Paraná e Rio Grande do Sul; Carimba no estado do Ceará; Baleado no estado da Bahia.

IMG_9007A brincadeira do jogo de queimada não existe número estabelecido de participantes, as regras não são muito rígidas, porém o objetivo é o mesmo: Eliminar a equipe oposta.

28/07
A experiência termoquímica-5º lugar dos textos mais lidos

Conferimos em 5º lugar dos mais lidos no blog, duas experiências termoquímicas, onde os alunos conferiram na prática sobre os estudos da transferência do calor em uma reação química.

( Texto originalmente publicado em 08/05/2012- Experiência reação termo química)

Nem sempre é fácil sacar logo de cara as inúmeras fórmulas que temos de aprender na sala de aula, em qualquer disciplina ligada à área de exatas. Nessas horas, nada melhor do que ver como as coisas funcionam na prática.

Pensando nisso, a professora Audrey, de Química, fez duas experiências relacionadas à termoquímica na aula desta terça-feira (8) com o pessoal do 2º ano. Ela contou aqui para o blog que, assim, fica mais fácil de entender os estudos sobre transferência de calor em uma reação química, tão falados em sala de aula.

Na primeira prática, os alunos colocaram o sulfato de cobre pentahidratado, uma substância de cor azul, no tubo de ensaio e o aqueceram. Eles puderam observar que, graças ao calor, a água presente no sulfato evaporou e que houve uma mudança na cor da substância.

termoquimica

Dessa reação foi formado outro produto, o sulfato de cobre anidro. A professora Audrey explicou que isso aconteceu devido à reação endotérmica, quando ocorre a absorção de calor.

Na segunda prática, os alunos observaram o processo inverso, por meio da reação exotérmica. Eles adicionaram água ao sulfato de cobre anidro, provocando uma reação que liberou energia e tornou o tubo de ensaio extremamente quente, evidenciando a energia perdida.

qumica termoquimica

10/07
13º post mais lido- releitura de obras de arte

Em 13º lugar dos textos mais lidos do blog, vemos que a fotografia não serve apenas para registrar um momento importante, ela também é um segmento artístico.

(Texto original publicado em 23/05/2012-Releitura de obras de arte com fotografia)

Ao pensar em fotografia, vocês logo imaginam as imagens que tiram do celular para publicar no Facebook, no Instagram ou em qualquer outra rede social?

Para falar sobre o surgimento da fotografia e todas as possibilidades artísticas que ela oferece, a professora Amarilis propôs um trabalho muito divertido para o pessoal do 2º ano.

Nas aulas passadas, a turma fez uma pesquisa histórica, os alunos usarão a máquina fotográfica para fazer uma releitura de uma obra de arte.

A escolha da obra ficou livre para cada grupo. Eles terão de interpretar e recriar a obra, com o auxílio de roupas e acessórios, e depois fotografar essa releitura.

A atividade é ótima para exercitar o olhar, pois reler uma obra é totalmente diferente de apenas reproduzi-la. É preciso interpretar o que se vê e exercitar a criatividade.

Há uma série de artistas que fizeram releituras de obras importantes, inclusive com o auxílio da fotografia. Um deles é fotógrafo italiano Marco Pece, que usou peças de Lego para reconstruir quadros como “O Grito”, de Edvard Munch. Clique aqui para ver o Flickr do fotógrafo.

0,,37718397,00-artes

Jocelyne Grimaud usou bonecas Barbie para fazer suas releituras, como a da “Monalisa”, de Leonardo Da Vinci. Clique aqui para ver outros trabalhos da artista.

Jocelyne Grimaud

Já o ilustrador David Barton usou personagens dos Simpsons em releituras. Uma delas é o Autorretrato de Van Gogh. Clique aqui para ver o site do ilustrador, o Limpfish.com.

int3_copy

Até o Mauricio de Sousa já fez suas releituras. Olha só essa de “Rosa e Azul”, de Renoir. Vocês podem ver outras obras da exposição “História em Quadrões” clicando aqui.

renoir

12/08
Filmes ajudam a estudar espanhol

maxresdefault (1)

O professor Roberto Carlos, de espanhol, indicou dois filmes muito interessantes para ajudar na fixação do idioma.

Para as turmas do 1° e 2° ano, ele sugeriu a comédia Cantinfla, cuja história é sobre o maior comediante mexicano de todos os tempos.

Já para os terceirões, a dica é o longa La Dictadura Perfecta, que mostra uma versão de como o cinema percebe a nossa realidade.

Vale a pena conhecer.

Para assistir aos filmes clique aqui e aqui

03/08
Laboratório de ciências amplia o aprendizado

Post_Raízes Ensino Médio 2015-13

É comprovado que as aulas de ciências e biologia têm maior rendimento quando os conhecimentos são aplicados na prática.

No Raízes, os estudantes presenciam experiências e podem observar como funcionam as estruturas e a reação de determinados experimentos no laboratório.

O espaço tem todos os materiais necessários, como microscópio, tubos de ensaio, pipetas, entre outros, para que os alunos possam desenvolver tudo aquilo que foi ensinado em sala de aula.