04/12
Calendário de Recuperação Final

Já podemos conferir o calendário de recuperação final. Fique de olho!

1 ano

2 ano

3 ano

29/11
Merlí

filosofiaMerlí é uma série de televisão produzida pela TV3 sobre um professor de filosofia que, usando alguns métodos pouco ortodoxos, incentiva seus alunos a pensar livremente – dividindo as opiniões de alunos, professores e famílias.

Com certa influência de filmes como Sociedade dos poetas mortos, Merlí tenta deixar a filosofia mais próxima de todos os públicos. Cada episódio se baseia nas ideias de algum pensador ou escola filosófica.

No total, a série terá 39 episódios, dos quais 26 já foram exibidos. Cada episódio leva o nome de um filósofo diferente. Depois de ter seus direitos comprados pelo grupo Atresmedia em novembro de 2015, a série foi dublada em espanhol e exibida em outros territórios da Espanha pelo canal LaSexta entre abril e junho de 2016.

Vale a pena conferir!

https://www.youtube.com/watch?v=Wk8nUkwZLxk

27/11
Reunião de pais e mestres

Comunicamos que no dia 04/12 (segunda-feira) haverá Reunião de Pais e Mestres.

O horário será das 7h30 às 10h.

Lembramos ainda que neste dia NÃO HAVERÁ AULA.

24/04
La sopa de letras

La sopa de letras - Ensino Médio

O professor Roberto Carlos, de espanhol, propôs uma atividade bem dinâmica.

Uma série de palavras e letras foram espalhadas de forma aleatória no pátio do Raízes.

Os alunos, divididos em equipes, tinham de encontrar o sentido e a sequência correta.

Mas não era tão fácil assim: a atividade foi contra o relógio. Ganhou a equipe que formou mais frases e palavras corretas.

Para ver as fotos da atividade clique aqui.

22/03
Experimento: as bactérias presentes na saliva

20170224_075228

O 2º ano foi para o laboratório para um experimento muito interessante: detectar quais bactérias estão presentes na saliva humana.

A experiência foi a seguinte: primeiro foi coletada uma amostra da saliva antes de usar um antisséptico bucal. Depois da assepsia bucal, foi coletada uma nova amostra.

Tudo foi colocado numa cultura com gelatina incolor para que os resultados pudessem ser observados e registrados.

20170224_075435 20170224_075644

Eles foram bem variados, já que algumas culturas proliferaram mais bactérias do que outras. Mas ninguém precisa entrar em pânico: a presença de algumas bactérias na saliva é normal.

Na verdade, a turma conseguiu identificar a presença de outros micro-organismos, já que a saliva teve contato também com o ar.

Além de aprender na prática, a experiência demonstrou o quanto é importante cuidar corretamente da higiene bucal.

20170224_075853 20170303_124427 20170303_124452

03/03
Criando quadrinhos na aula de artes

DSC07114

O 2º ano colocou a criatividade para funcionar na aula de artes, com a professora Amarilis. A atividade foi a criação de uma história em quadrinhos baseada em livros, filmes ou algo que tenha acontecido com os próprios alunos.

A aula trabalhou uma nova forma de linguagem e também estimulou a representação da história por meio de desenhos e organização das ideias.

Os alunos desenvolveram a interpretação de texto, a organização espacial e a expressão artística.

A professora comentou que o “Novas Linguagens” é um conteúdo muito interessante porque mostra ao aluno obras clássicas da Literatura transformadas em história em quadrinhos.

DSC07115 DSC07116 DSC07117 DSC07118 DSC07119

12/12
O 26º texto mais lido é de um momento muito importante

O momento não poderia ser mais adequado para o 26º post mais lido da história do blog. ele fala justamente daqueles que estão se formando no 9º ano ou no ensino médio.

Mais uma etapa vencida
(publicado originalmente em 8 de dezembro de 2011)

Muitos de vocês devem ter acordado com um sentimento diferente nesta quinta-feira, certo? Sensação de dever cumprido, de ter completado mais um etapa e cheios de expectativas pelo que está por vir. E isso serve tanto para os pais quanto para os alunos.

A formatura é um momento único na vida de todos, porque é o ritual que marca o fim de um ciclo de aprendizado e é também o primeiro passo para outras conquistas e experiências. Talvez os pais saibam melhor que os filhos, mas daqui a algum tempo todos sentirão falta de algumas coisas e obrigações deste momento.

Tudo bem que dever de casa, provas, trabalhos e as demais responsabilidades nem sempre são tão legais de fazer – e provavelmente vocês, alunos, ainda terão muitas destas atividades pela frente. Depois, quando estiverem fazendo outra coisa, elas também existirão, mas com outras formas. É a tal da responsabilidade que cerca a todos.

O bom disso tudo é que temos a certeza que preparamos vocês para enfrentar e assumir estes compromissos futuros, seja no ensino médio, para quem se formou na 9ª série, ou na faculdade para o pessoal do terceirão. Muita coisa deverá mudar para muitos de vocês a partir de agora. Algumas serão boas, outras talvez nem tanto. Mas, assim como tudo na vida, servirão de aprendizado para os fortalecer e dar experiência e sabedoria para enfrentar tudo da melhor maneira possível.

Esperamos que o Raízes sempre faça parte da vida de vocês e que tenhamos cumprido o nosso papel de ensiná-los – no sentido mais amplo possível do verbo ensinar.

Parabéns e boa sorte nesta nova etapa!!!

08/12
28º texto mais lido da história do blog

E seguimos a nossa contagem regressiva dos textos mais lidos da história dos blogs do Raízes.

Hoje é a vez de descobrimos o 28º lugar. Boa leitura!

Coluna Tira-Dúvidas: excursão
(publicado originalmente em 31 de março de 2011)

Nesta semana, a coluna Tira-Dúvidas traz dicas e sugestões de lanches para excursões, aproveitando que na próxima semana os alunos irão para a Cidade do Livro e para a Estação Catavento Cultural e Água na Oca.

A nutricionista do Raízes, Paula Nogueira Oseki, recomenda que evitem refrigerantes e salgadinhos industrializados, comuns em excursões, e que a criança não saia de casa em jejum.

“É importante tomar o café da manhã em casa, para evitar que a criança fique com muita fome antes do primeiro lanche do dia”, comenta.

A nutricionista enviou algumas dicas para a excursão:

- A água é item obrigatório na mochila. Muitas vezes esquecemos de levá-la, correndo o risco de desidratação. Deixe no congelador em casa, para que fique fresca no decorrer do passeio. Se tiver garrafinha térmica, melhor ainda. (O local pode não possuir lanchonete ou os bebedouros podem estar sujos, então é melhor prevenir);

- Suco, a água de coco ou achocolatados também são ótimas opções no lugar do refrigerante. Prefira os de caixinha (não estragam fora da geladeira), pois sucos naturais ficam amargos depois de muito tempo pronto e achocolatados estragam fora da refrigeração. Também deixe no congelador ou use uma garrafa térmica;

- Leve frutas já lavadas e embrulhadas em papel filme e barra de cereal;

- Prefira bolachas doces, salgadas ou bolos para lanchar (cuidado com pão contendo frios, requeijão, maionese e manteiga, e tortas, pois podem estragar fora de refrigeração). Se possuir bolsa ou lancheira térmica, pode colocar itens perecíveis, ou seja, que necessitam de refrigeração como frios, manteiga, requeijão, yakult e outros;

Para as crianças mais novas, da educação infantil, as dicas estão nos dois quadros abaixo. O vermelho, cujos alimentos são proibidos no dia a dia, e o verde, com opções saudáveis.

Dessa forma, os próprios alunos vão identificando aquilo que devem utilizar na alimentação e eles mesmos podem ajudar na preparação do lanche para a excursão.

07/12
Top 30 textos mais lidos: 29º colocação

Assim como o 30º colocado no nosso Top 30 textos mais lidos da história dos blogs do Raízes, o 29º também foi publicado em 2012.

O assunto? Falamos um pouco sobre a importância do maternal na vida das crianças. Veja o texto original abaixo:

Maternal: momento da socialização
(publicado originalmente em 11 de abril de 2012)

No maternal, o ensino é voltado para a socialização: conviver com outras crianças, aprender a dividir, ouvir o amiguinho, esperar a sua vez, manter o ambiente organizado, amar e respeitar o próximo.

“Nos primeiros dias na escola, todas as crianças querem ser as primeiras a falar. Mas, nessa fase os pequenos imitam os adultos e o professor acaba sendo um espelho para eles. As crianças prestam atenção quando apresentamos as normas de convivência e por que é importante respeitá-las”, explicou a prô Cecília, uma das professoras do maternal no Raízes.

O desenvolvimento da coordenação motora e da fala começa no maternal. As atividades sempre são associadas a um tema em comum, com ações da vida prática: colocar o tênis e a roupa ou segurar uma caneca.

“Mostramos, aos poucos, a importância da rotina. Quando eles chegam, guardam a mochila; depois do lanche, escovam os dentes; antes de ir embora, pegam a agenda”, contou a prô
Ana Paula.

Os alunos da sua turma aprenderam conceitos como organização ao observar o céu: o sol estava raiando no céu azulzinho, mas, quando chegasse a hora, ele daria espaço para a lua, pois tudo tem o seu momento e cada momento é importante.

Na natureza, os alunos do maternal também podem aprender mais sobre cores, formas e sons. Ao abordar o conceito de cooperação – que este ano está sendo trabalhado por toda a escola, pois 2012 foi eleito o Ano das Cooperativas pela Unesco – a prô Cecília levou seus alunos para o parque em busca de formiguinhas.

Os alunos observaram como elas trabalham unidas para o bom funcionamento do formigueiro. Graças a isso, elas reconheceram cores e formas nas plantas e os barulhos dos animais.

Observar e alimentar os animais da fazendinha faz com que os pequenos criem laços afetivos e se atentem aos cuidados que todas as pessoas e animais precisam.

Semana que vem, vamos mostrar como funciona o aprendizado para os alunos dos jardins I e II.

02/10
Quer estudar no exterior? Leia isso!

A professora Maria Inês enviou um material bem interessante para quem pensa em estudar no exterior. Olha só que interessante:

A decisão de estudar no exterior vem acompanhada de uma série de dúvidas relacionadas ao preço desta experiência. Grande parte dos estudantes considera a opção de procurar ajuda financeira. A melhor delas é obter uma bolsa de estudo (ou em inglês, scholarship). E apesar da maioria das instituições estrangeiras oferecer estas bolsas, existem certas regras e condições de qualificação. Nem todo estudante que se inscreve é selecionado e a porcentagem de desconto, às vezes, cobre apenas uma parte das taxas.

Contato com a universidade
Este é o primeiro passo para se conseguir uma bolsa de estudos. São muitas e diversificadas opções, portanto só mesmo a universidade estrangeira de interesse saberá informar os detalhes exatos do processo de admissão.

Inscrição
O segundo passo do processo é preencher completa e corretamente o formulário de inscrição. Certifique-se de providenciar todos os documentos exigidos . Um formulário incompleto levará à rejeição imediata do candidato. É possível que você precise providenciar traduções oficiais dos seus documentos do português para o inglês.

Uma parte importante do processo de inscrição é comprovar sua situação financeira atual e o histórico familiar, que poderão provar a necessidade em conseguir a ajuda financeira. Procure saber também se a instituição oferece serviços de orientação que o ajudarão durante o processo de inscrição.

Exigências
Cada faculdade e universidade tem regras específicas quando o assunto é bolsa de estudo. Para se ter uma ideia, as exigências diferenciam até mesmo entre as bolsas oferecidas pela mesma universidade.

Várias bolsas cobrem integralmente todos os custos de educação, acomodação e despesas pessoais, enquanto outras fornecem ajuda de custos nas taxas de educação e materiais ou oferecem contribuição financeira relacionada a esses custos.

Veja a lista de algumas instituições para você pesquisar:

Fundação Estudar
Fundação Lemann
Santander Universidades
Fundação Fulbright
Chevening
Erasmus Mundus
Orange Tulip Scholarship Brazil
Fundação Carolina