09/09
Manhã de autógrafos

A Festa do Livro deste ano, que acontece no sábado (10) a partir das 9 horas, terá uma manhã de autógrafos. É que o nosso amigo Nelson Albissú – escritor de muitos livros infantis – também vai participar do evento para assinar os livros que os alunos do 2º ano vão receber e para bater um papo com a criançada.

O escritor Nelson Albissú

Alguns de vocês já devem ter lido um dos livros do Nelson, como o “É Difícil de Entender, Vô”. Com certeza vai ser muito legal os alunos que estão descobrindo agora a leitura poderem conversar com um dos autores de histórias infantis, vocês não acham?

O Nelson nasceu em São Paulo, mas há algum tempo veio para Mogi, onde, além de escrever seus livros, também faz peças adultas e infanto-juvenis, é professor universitário de teatro, diretor teatral, roteirista, programador artístico-cultural, cronista semanal e palestrante.

Ele tem 63 anos, mas foi aos 9 que se encantou com a leitura, logo depois de sua professora da época ter elogiado uma de suas redações. Quando mais novo também pensou em ser marinheiro, pois adora o mar, além de bichos, crianças, velhos e – claro – os livros.

Nelson Albissú na 4ª série, época em que já se aventurava no mundo da leitura

Antes de tornar-se escritor, estudou Administração de Empresas e Direito, porém, como ele mesmo diz, “tem apenas o diploma no canudo e a carteira da OAB (documento que todo advogado deve ter para trabalhar) num canto da gaveta”. Nelson gostou mesmo foi de ter se tornado mestre em Artes Cênicas, na Universidade de São Paulo.

O escritor tem mais de 40 livros publicados, entre eles, “Charalina”, “História que ficou na memória”, “Locomotiva de Asas”, “Costrutores de Avião”, “Sem fim, sem começo… Essa história eu conheço” e “Novo Rei do Terreiro” – títulos que serão distribuídos para os alunos durante a festa.

O blog Raízes da Serra conversou rapidinho com o Nelson sobre o que vai acontecer no sábado. Olha só:

Para aqueles que estão aprendendo a ler, como podemos mostrar a importância da leitura?
O livro é um grande instrumento para adquirirmos conhecimento. Por meio da leitura, temos a possibilidade de compreender o mundo e o que acontece na nossa vida, independentemente da nossa idade. A Festa do Livro é uma ótima forma de demonstrar isso, pois ela tem uma carga simbólica muito grande, quando a criança passa a se considerar, oficialmente, um leitor.

O senhor escreve para todos os públicos, mas como é escrever para o público infantil?
É uma responsabilidade muito grande, pois, ao contrário do adulto, a criança, muitas vezes, não tem o discernimento para saber o que é bom ou ruim. O aluno não caminha sozinho no começo, nós temos de guiá-lo nos primeiros passos, o que é muito bom, porém, muito sério também. Além disso, tenho sempre a preocupação de discutir com a criança o que ela precisa aprender na vida. As possibilidades são imensas e, às vezes, é difícil juntar tudo em um título só. Por isso, continuo escrevendo.

E o senhor está ansioso para participar da nossa festa?
Sim, pois é sempre bom conversar com os pequenos. Eles não têm receios de perguntar minha idade, se tenho filhos, como é a rotina de quem escreve e é isso que cria a afinidade. O papo é sempre muito natural e divertido.

Para saber mais sobre a Festa do Livro, é só clicar aqui. Nos vemos no sábado!

PS: As fotos do desfile cívico já estão no nosso Flickr. Clique aqui para vê-las.

2 ideias sobre “Manhã de autógrafos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>