20/12
Infraestrutura para um aprendizado completo

O Colégio Raízes tem como filosofia de ensino contribuir para a formação completa do aluno. Por isso, a escola oferece infraestrutura que possibilita o aprendizado de diversas maneiras, em todos os ambientes da escola.

Nas salas há um projetor multimídia e Apple TV para que os professores possam utilizar os conteúdos armazenados nos iPads e dar aulas mais divertidas e interativas. Os alunos também podem utilizar os tablets em determinados momentos das aulas, seja para fazer exercícios, pesquisas e atividades com o auxílio de vídeos, fotos e gráficos.

Além das salas de aula, o Raízes conta com salas de Artes, Educação Ambiental, espaço para as aulas de ballet, expressão corporal e jiu-jitsu, quadra poliesportiva e um percurso lúdico.

Nos mais de 25 mil metros quadrados, os ambientes são adequados e adaptados para estimular os alunos a aprender cada vez mais. É por isso que a unidade do ensino infantil e fundamental está no meio da Serra do Itapeti, cercada de mata atlântica.

Além de conhecer uma grande diversidade de plantas, árvores e flores, os alunos também podem colher frutos e vegetais no pomar e na horta, e interagir com os animais da nossa fazendinha, como a galinha, o pavão, o pato, o ganso, os coelhos e a Lola, o pônei do Raízes.

Ter um ambiente agradável, dentro ou fora da sala de aula, e preparado para o processo de ensino-aprendizagem é fundamental para que os alunos possam absorver todo o conhecimento por meio das aulas, das atividades, com os iPads ou com os livros. Afinal, o conhecimento deve ser construído em qualquer lugar.

19/12
Toefl: certificação internacional no Raízes

Vocês sabiam que, além de entender muito bem a língua inglesa, para estudar em alguns países estrangeiros é preciso ter uma certificação? Isso mesmo!

O Toefl (Test of English as a Foreign Language, ou Teste de Inglês como Língua Estrangeira) é obrigatório em mais de 2.400 instituições de ensino dos Estados Unidos e do Canadá.

Ao todo, a certificação é aceita em mais de 6 mil instituições de ensino em 180 países. O bacana deste exame é que ele indica quanto o estudante domina o inglês em nível acadêmico e pode ser feito por pessoas que estão em diferentes níveis.

E sabe outra coisa bacana? É que neste ano, em que iniciamos o sistema bilíngue no Raízes, nossos alunos das turmas que finalizam cada ciclo escolar – ou seja, do 5º e do 9º ano do fundamental – também fizeram a prova no colégio para avaliar seu potencial em falar e entender inglês.

A experiência foi muito bacana e vai continuar em 2014 e nos próximos anos. Com o sistema bilíngue, a carga horária das aulas de inglês aumentou para que nossos estudantestenham condições de aprender de maneira mais natural o idioma.

E com o Toefl eles terão em seu currículo uma certificação reconhecida internacionalmente, o que com certeza vai facilitar o ingresso em estágios, processos seletivos e instituições estrangeiras.

Viu quanta coisa bacana nos aguarda em 2014?

18/12
Ampliação do sistema bilíngue

Um dos grandes desafios que o Colégio Raízes abraçou neste ano foi a implantação do sistema bilíngue. A novidade foi aplicada inicialmente aos alunos da educação infantil e do ensino fundamental I (até o 5º ano), que passaram a ter três aulas do idioma por semana.

Agora, estamos nos preparando para, em 2014, ampliarmos para cinco o número de aulas semanais de inglês para as turmas do infantil e do fundamental I e levarmos o sistema bilíngue também para o ensino fundamental II.

Nossa expectativa é grande, pois já neste primeiro ano de bilinguismo pudemos identificar bons resultados nas turminhas do Raízes.

“É comprovado por meios de estudos as vantagens de aprendermos a falar um segundo idioma cedo. O processo de aprendizagem de outra língua nessa faixa etária é muito natural e os alunos apresentam vantagens cognitivas”, destaca a teacher Lais, nossa coordenadora de inglês das turmas do infantil.

Ela destacou também que crescer falando duas línguas pode ter influencias positivas em alguns aspectos da inteligência. “As aulas são voltadas para o processo de imersão, em que só se fala a língua estrangeira. O ensino do idioma contextualizado integra aprendizado e comunicação”.

A intenção é que as próximas turmas que passarão a aprender inglês por meio do sistema bilíngue também desenvolvam suas competências comunicativas no idioma de forma mais efetiva, assim como os nossos alunos mais novos, que já estão adaptados a este novo processo de aprendizado.

Are you ready, guys?

17/12
Educação do futuro

Desde o início de 2013, o Colégio Raízes conta com uma nova ferramenta tecnológica em sala de aula: o iPad, que permite a produção e o compartilhamento de conteúdos como textos, fotos e vídeos, garantindo muito mais interatividade entre alunos e professores.

A novidade, implantada no colégio graças à parceria do Raízes com o Sistema Uno Internacional, foi abraçada pela equipe com muito entusiasmo e agradou muito os alunos. Até porque, as crianças incorporam as novas tecnologias com tanta facilidade que não há como pensar na educação sem estas ferramentas.

Esta mudança foi um passo muito importante e tem dado resultados muito bacanas. Isso porque, no Raízes, o iPad em sala de aula é encarado como uma ferramenta pedagógica e complementa o ensino forte da escola.

Os tablets dos professores armazenam todo o material necessário: os livros didáticos, exercícios, material para as aulas, áudios, vídeos do Discovery Education e do Animal Planet e gráficos animados. Tudo isso para tornar as aulas ainda mais dinâmicas.

O material é projetado em sala de aula facilitando a interação com os alunos. Os iPads também são utilizados pelos estudantes, sendo mais uma ferramenta de ensino e aprendizado, aliado aos livros impressos e os exercícios no caderno, que também são fundamentais para o desenvolvimento dos estudantes.

Para o próximo ano, vamos fortalecer ainda mais esta ferramenta no Raízes!

16/12
Muito aprendizado na última reunião do ano com a coach

O último encontro da equipe do Raízes com a nossa coach do Uno Internacional, a Sheila Kiss, aconteceu nesta segunda-feira (16).

Mais uma vez contamos com uma reunião muito bacana para a troca de experiências e conhecimento. Dessa vez, o assinto foi a importância das avaliações por competências.

A Sheila apresentou conceitos importantes, sobre as três competências que um bom professor deve ter: dominar o conteúdo, ter um relacionamento interpessoal com a turma e dar um direcionamento aos alunos, mas sem imposição.

Os professores fizeram uma reflexão individual sobre os conceitos e depois se reuniram em grupo para debater o assunto. No final, cada grupo fez uma breve apresentação e a Sheila falou sobre as avaliações Lexium e Avalia.

A pedido do blog, a nossa coach fez uma avaliação sobre este primeiro ano de implantação dos iPads em sala de aula e do sistema bilíngue. Olha só!

Qual a sua avaliação sobre este primeiro ano de parceria entre Colégio Raízes e Sistema Uno Internacional?
Para um ano em que foi introduzido como novidade uma tecnologia nova em sala de aula, 2013 foi muito produtivo. Afinal, os professores tiveram como desafio não só entender como funciona o iPad na aula, mas também entender que o nosso projeto é muito mais do que a tecnologia em si. Foi um ano em que demos um passo de cada vez: primeiro apresentamos esta nova tecnologia e como ela funcionava para depois mostrar o quanto ela pode ser uma aliada dentro da nossa proposta pedagógica.

Como foi a evolução da nossa equipe ao longo do ano, durante os encontros dos coordenadores e dos professores com vocês, que é a nossa coach?
Pelo projeto do Uno Internacional ter tantos braços e vertentes, os professores começaram a encontrar os caminhos possíveis de trabalho pedagógico. Fechamos o ano falando do ensino por competência, para mostrar quantas ferramentas e quantas estratégias temos à disposição para levar o aluno a ser competente de fato e o que é ser competente no mundo em que vivemos, ou seja, como esse aluno, sendo competente, transforma a sociedade. Cada vez mais o Raízes atinge esta expectativa.

Quais são as expectativas para o próximo ano?
Este ano foi de implantação. O próximo será de adaptação, um ano mais tranquilo, em que os professores vão trabalhar possíveis dúvidas de forma mais clara e precisa. O aluno e os pais vão perceber essa diferença e vai ficar mais evidente a diferença do Raízes para os outros colégios. Também queremos fortalecer o bilinguismo, que foi um grande desafio este ano, para que os alunos consigam se comunicar em inglês em qualquer lugar. E é muito importante que haja o crescimento no desenvolvimento humano, cognitivo e social dos alunos, que são os três eixos que queremos trabalhar. Que eles se interessem pelo estudo e que a tecnologia seja algo que promova não só o aprendizado, mas um crescimento, e que o professor seja um agente de mudança. Utilizando o material, as estratégias e a nossa proposta metodológica, o colégio também será de fato um propulsor na melhora da qualidade da educação.

A capacitação da equipe continua no próximo ano?
Sim. Mudam-se os temas das oficinas para darmos continuidade ao que foi trabalhado este ano e, assim, fortalecermos a teoria para a prática ter sentido. Neste ano as dúvidas foram mais tecnológicas, no próximo a tendência é que os debates fiquem no âmbito pedagógico, o que é natural quando íamos todos os recursos que são oferecidos.

Obrigado aos professores que participaram de mais este encontro. E agradecemos também a Sheila, que foi uma grande parceira em 2013!

13/12
Fotos da festa de encerramento do Raízes

Terminar as atividades de mais um ano cheio de aprendizado com nossos alunos, pais e a equipe da escola é sempre muito bacana!

O encerramento do Colégio Raízes, que aconteceu nesta quinta-feira (12) com as formaturas do 5º ano e das turminhas da educação infantil, foi muito divertido.

Neste ano, a festa contou com um tema que nós gostamos muito: os animais! Tanto que o palco estava todo enfeitado com os bichos da floresta, assim como nossos alunos do infantil.

Já o 5º ano encenou uma peça superanimada inspirada no Rei Leão. E, no final, até o Papai Noel apareceu!

Obrigado a todos que se envolveram com os preparativos da festa e aos pais e amigos que prestigiaram mais uma vez nossos alunos.

Quem quiser, pode rever os melhores momentos das apresentações dando uma olhadinha nas fotos que já estão no Flickr do Raízes. É só clicar aqui.

E, no canal do Raízes no YouTube, vocês podem rever as retrospectivas das turminhas. Olha só!

12/12
Colégio Raízes na revista Ponto A

A revista Ponto A publicou uma reportagem muito bacana sobre o Colégio Raízes na edição de dezembro 2013/janeiro de 2014.

A matéria destaca o uso de recursos tecnológicos em sala de aula, o conteúdo forte do Raízes, o sistema bilíngue e o trabalho desenvolvido nas duas unidades.

Vocês já viram? Quem quiser ler ou reler pode clicar aqui e baixar a versão em PDF.

Desafio da Nutricionista: torradinha com molho natural de tomate e abóbora

No ultimo dia do Desafio da Nutricionista, nosso alunos provaram a torradinha com molho natural de tomate e abóbora.

A Paula Oseki, nutricionista do Raízes, contou que a aceitação desta delícia foi de 98% e muitos se divertiram com o adesivo.

“O objetivo deste molho é evitar os conservantes do molho de tomate pronto e introduzir a abóbora, que além de acrescentar mais vitaminas e minerais, deixa o molho com um sabor adocicado”, destacou a Paula.

Para quem quiser fazer em casa, ela mandou a receita aqui para o blog. Olha só!

Ingredientes
– 1kg de tomate italiano;
– 100g de abóbora pescoço cozida;
– 1 cebola picadinha ou ralada;
– alho, sal e manjericão a gosto.

Modo de preparo
Bata os tomates com a abóbora (se necessário acrescente um pouquinho de água). Refogue no azeite a cebola e o alho. Jogue a mistura dos tomates e tempere com sal. Deixe ferver e apurar bem. Por último, acrescente o manjericão.

As fotos da criançada provando o prato já estão no Flickr do Raízes, é só clicar aqui para ver as imagens. Bom apetite!