29/02
Alimentação saudável

Vocês fazem ideia de quantos sabores e aromas nós temos nos alimentos disponíveis para o nosso consumo? São muitos! E a cada refeição, provamos algo diferente, certo?

A prô Ana Paula mostrou à turminha do Infantil A como podemos diferenciar os tipos de alimentos que comemos a cada hora do dia: café da manhã, almoço, lanche, jantar.

Oferecendo comidinhas diferentes, a prô também falou sobre como os alimentos que escolhemos têm tudo a ver com ter hábitos saudáveis.

As fotos dessa atividade deliciosa já estão no Flickr do Raízes e podem ser vistas clicando aqui.

Learning to communicate

A avaliação mensal de inglês para os alunos do fundamental II – do 6º ano 9º ano – terá alterações importantes a partir do mês de março.

A prova escrita será substituída por quatro atividades – listening, reading, writing e speaking – que serão dadas ao longo do mês, uma por semana. A Direção explicou que esta mudança é necessária para que o colégio possa avaliar estas quatro habilidades nos alunos.

“Por meio da prova escrita, nós avaliávamos a escrita (writing) e a leitura (reading), porém outras duas habilidades importantes, a fala (speaking) e a compreensão (listening), ficavam de fora. Agora teremos avaliações específicas para cada habilidade. Isso vai melhorar muito o aprendizado da língua inglesa na escola e a comunicação dos alunos, pois teremos mais ferramentas para avaliar quais habilidades eles precisam melhorar”, contou a teacher Cássia.

Cada atividade valerá dois pontos, que serão somados para compor a nota da avaliação mensal de inglês. As datas das atividades do mês de março já estão definidas. Anotem aí:

10/03 – Listening
17/03 – Reading
24/03 – Writing
31/03 – Speaking

Quem tiver alguma dúvida sobre as atividades para avaliação das quatro habilidades do idioma pode deixar um recadinho aqui nos comentários.

26/02
Atividades de inglês

Vocês já brincaram de “Quem sou eu”?. Esta é uma brincadeira muito bacana em que você coloca na testa um papel com o nome de uma pessoa ou personagem. Com a ajuda das dicas dos outros participantes, você tem de adivinhar quem é o seu personagem.

A teacher Renata propôs uma atividade bem parecida com esta aos alunos do 8º ano, porém, em vez de adivinharem o nome de um personagem, os estudantes tinham de adivinhar qual palavra em inglês estava escrita no papel.

A esta brincadeira, a teacher deu o nome de “Head Up! Discover the word”. Ela explicou que a atividade é um jeito divertido de fazer a revisão do vocabulário aprendido e ainda desenvolve nos alunos a confiança ao falar e a criatividade.

As fotos da atividade do 8º ano já estão no Flickr  do Raízes e podem ser vistas aqui.

Já para os alunos do 9º ano, a teacher Renata deu uma atividade de listening, para que eles praticassem a audição das palavras em inglês. A turma também aprendeu pontos gramaticais como fragments, sentences and clauses.

Aula de história com muita arte

Os alunos do 8º e do 9º ano aprenderam mais sobre música e artes na aula do professor Antônio, de história.

As turmas interagiram e fizeram uma reflexão sobre a cultura vivida em outras épocas, adquirindo conhecimento cultural e também sobre artes de outros povos.

As fotos da atividade já estão no Flickr do Raízes. Para ver as imagens, é só clicar aqui.

25/02
Fotos do Hands on English

O primeiro Hands on English do ano, dia em que nossos alunos fazem uma verdadeira imersão no inglês, foi muito divertido. As prôs prepararam atividades bem bacanas para os alunos vivenciarem a prática do idioma.

As fotos da imersão já estão no Flickr do Raízes. Para ver todas as imagens, é só clicar aqui.

A importância da dança como atividade física

Vocês sabiam que há muito aprendizado por trás de uma coreografia de dança? A prô Andreza apresentou às nossas dançarinas do 2º ao 5º ano alguns passos para demonstrar a importância da dança como meio de desenvolvimento da nossa linguagem corporal.

“A dança, sendo uma experiência corporal, possibilita às alunas novas formas de expressão, de comunicação, levando-as à descoberta da sua própria linguagem corporal”, contou a prô.

O desenvolvimento dessa linguagem é muito importante para o processo de ensino e aprendizagem e também para a prática de atividades físicas, pois proporciona flexibilidade, melhora o condicionamento aeróbio e aprimora a coordenação motora.

Querem ver como as alunas mandaram bem na coreografia? Então é só clicar aqui para ver as imagens no Flickr do Raízes.

Desenvolvimento por meio do jiu-jitsu

Vocês sabiam que, por meio do jiu-jitsu, é possível trabalhar o desenvolvimento de vários valores importantes na criançada?

Pensando nisso, o prô Marcos prepara as aulas sempre pensando na moral, no respeito e em valores essenciais aos alunos, para sua formação completa. Isso é demonstrado, por exemplo, antes e depois de uma luta, quando cada lutador se cumprimenta.

O prô Marcos nos contou que a modalidade é muito bacana não só por proporcionar benefícios ao corpo e à saúde dos pequenos, mas também por contribuir para o autoconhecimento e na superação de desafios.

Sem contar que as aulas de jiu-jitsu são sempre muito divertidas. Querem ver só? Então é só clicar aqui e ir para o Flickr do Raízes.

24/02
Mosaico com polígonos

Para fazer um mosaico bem bacana, não basta só criatividade. A matemática também pode ser uma grande aliada.

Pois os alunos do 6º ano utilizaram muita a matemática para desenhar ladrilhos em papel quadriculado, atividade proposta pela prô Raquel.

Ela explicou que esta atividade é indicada para que os estudantes percebam que determinados polígonos não preenchem todo o espaço.

A turminha também entendeu a definição de polígono e a construção de um mosaico, cada um com sua criatividade.

Querem ver como ficaram bonitos os mosaicos? Então é só clicar aqui e ir para o Flickr do Raízes.

A importância da fazendinha e os cuidados com os animais

Marcelo_Oliveira_LimaPara manter a estrutura da fazendinha e a saúde dos nossos animais, contamos com o trabalho do veterinário Marcelo Oliveira Lima.

Ele é formado pela Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Guarulhos e pós-graduado em Diagnóstico e Cirurgia de Equídeos pela Faculdade de Medicina Veterinária de Jaguariúna e Jockey Clube de São Paulo em parceria com a IBVET.

O Marcelo contou um pouco mais sobre o trabalho dele no Raízes, a importância da convivência com os animais para o aprendizado dos alunos e ainda deu algumas dicas para combatermos o mosquito da dengue. Vamos ver?

Como é sua rotina de trabalho no Raízes? Quais atividades você desempenha para cuidar dos animais da Fazendinha?
Minha rotina no colégio é definida por um plano de trabalho pré-estabelecido, já que conheço a rotina de manejo dos animais direcionada para atender às necessidades pedagógicas aliadas às necessidades dos animais. Há anos o colégio investe tempo e recursos na estrutura da fazendinha, já que temos lá animais de diferentes espécies e necessidades e, portanto, com necessidades diferenciadas. Uma ave, por exemplo, não precisa da mesma necessidade de abrigo de um pônei. Um aspecto bastante importante do meu trabalho é cuidar da higiene sanitária de todas as instalações do colégio, inclusive combatendo e prevenindo as chamadas “pragas urbanas”, os chamados insetos e roedores. E esta tarefa, com o apoio da equipe de manutenção, acontece diariamente.

Qual a importância da presença desses animais na escola? Como você avalia que isso contribui para o aprendizado dos alunos?
Historicamente o Colégio Raízes possui a fazendinha desde o início da sua fundação. Todo ano possui uma novidade – um novo animal nasce, um novo animal é doado ou ainda um novo investimento é feito com a aquisição de uma nova espécie. Isso nos dá pioneirismo e ainda fortalece uma importante lição de aprendizado – o aluno é o nosso maior e mais importante recurso e as espécies animais são utilizadas de maneira multidisciplinar levando em conta conceitos éticos, morais, disciplinares e pedagógicos – tanto que o colégio possui uma referenda como Escola Associada da UNESCO no Programa Escola há mais de 5 anos consecutivos.

Qual sua avaliação a respeito do Colégio Raízes e desse espaço que ele proporciona às crianças?
O espaço da fazendinha possui já um importante legado. Recentemente estive com alguns alunos que ali estudaram e viram nos projetos estudados uma importante alavanca para definir qual carreira seguir. Já temos alunos que estão exercendo a profissão como biólogos, engenheiros e até estudantes do curso de Medicina que iniciaram a pesquisa acadêmica. Por isso o que a escola coloca à disposição do aluno foi exercido em sua plenitude. Além disso, a fazendinha exerce um trabalho fantástico de preservação ambiental, pois ali abriga uma pequena parte de mata atlântica preservada.

Estamos passando por um momento de grande preocupação em relação ao mosquito da dengue. Quais orientações podemos passar para os alunos e para os pais para combater o Aedes aegypti?
O Aedes aegypti deve ser combatido diariamente em casa ou no trabalho. Hoje a disseminação do mosquito ocorre por diversas falhas, mas a mais importante é que os meios utilizados para campanha não fomentaram a realização de busca pelo mosquito diariamente e sim esporadicamente – e o mosquito bota larva todo dia – portanto todos os dias é preciso que haja a busca por novas larvas. Utilizo este artifício como mecanismo de combate ao mosquito, com critério. Tenha a preocupação de jogar fora a água parada fora na rede de esgoto e limpe bem o local, pois a larva pode permanecer desidratada ali por mais de 365 dias e, quando novamente hidratada, algum tempo depois poderá se tornar um inseto ativo. Outras dicas importantes são deixar o ventilador ligado para afastar os mosquitos e, para os alunos, já chegar à escola com repelente.

Desenhando com a técnica do quadriculado

A prô Maria Inês, de matemática, ensinou uma técnica muito boa para a galera do 9º ano. Essa técnica pode ser utilizada também por quem quer ampliar ou reduzir um desenho, mas não tem muita habilidade para desenhar.

É a técnica do quadriculado, que tem o objetivo de facilitar a observação e representação das proporções do desenho, seja por falta de habilidade ou para poupar tempo de trabalho de um desenhista mais habilidoso.

Com esta atividade, os alunos do 9º ano aprenderam os conceitos de proporção, desenvoltura e também a como utilizar o método de redução e ampliação de desenhos no cotidiano.

As fotos da atividade estão no Flickr do Raízes. É só clicar aqui para ver as imagens.