03/02
Número de carros x acidentes de trânsito

Além de diminuir o congestionamento de veículos nas cidades, a carona também pode melhorar um aspecto muito importante no trânsito: o número de acidentes.

Claro que dirigir de forma segura, evitando acidentes – a chamada direção defensiva – também está relacionado com o número de batidas. No entanto, quanto menos veículos estiverem circulando nas ruas, menores serão as chances de um acidente acontecer.

Mogi das Cruzes possui uma frota considerável de veículos. São 117.328 automóveis e 21.755 motos para quase 400 mil habitantes. De acordo com dados da Secretaria de Transportes de Mogi, 11 acidentes de trânsito aconteceram diariamente entre janeiro e julho de 2011, período em que foram registrados 2.433 colisões.

Ou seja, por mês, foram registrados 347 acidentes na cidade. É muito, não? Apesar de o número de acidentes ter caído 55,5% nos últimos dois anos, nós achamos que a quantidade de acidentes poderia ser ainda menor.

Algumas medidas estão sendo tomadas. O governo federal lançou, no ano passado, o Pacto Nacional pela Redução dos Acidentes no Trânsito – Pacto pela Vida, para diminuir ou estabilizar o número de mortes e lesões em acidentes nos próximos dez anos.

Já a ONU proclamou oficialmente o período de 2011 a 2020 como a Década Mundial de Ação pela Segurança no Trânsito, para estimular ações que contenham o número de mortes e feridos em acidentes de trânsito em todo o mundo.

Aqui no Raízes, já estamos fazendo nossa parte, pensando globalmente e agindo localmente com a nossa campanha Amigo da Carona. Você já está participando?

02/02
Dia da Carona Solidária

A carona solidária é incentivada em muitos países há muito tempo. Nos Estados Unidos, por exemplo, durante a Segunda Guerra Mundial, as pessoas davam e pediam caronas para economizar combustível.

Já no Canadá e na Noruega, o carpooling (como é chamada a carona solidária em inglês) é muito comum entre funcionários de empresas, que oferecem vagas preferenciais de estacionamento e bônus no salário para quem adere à iniciativa. Nas ruas, também há faixas exclusivas para carros com mais de dois passageiros.

Aqui no Brasil, esse movimento é recente, mas ainda não temos nenhuma política pública nacional para incentivar as caronas, apesar de muitos municípios investirem nessa ideia, como São Paulo e Botucatu.

Mas nós já temos o Dia da Carona Solidária, que acontece em 28 de maio. O dia foi instituído em 2008 por iniciativa da Secretaria Estadual de Meio Ambiente para diminuir os congestionamentos nas cidades e melhorar a qualidade do ar. Neste dia, são feitas diversas mobilizações por todo o Estado para chamar a atenção da população para as caronas.

Já é um começo, não? Mas podemos aprender muito com as experiências de fora. Como a campanha Amigo da Carona mostra, tudo é uma questão de boa vontade.

01/02
Nota Verde para carros

Você sabe quanto um veículo polui o meio ambiente? O nível de poluição dos automóveis varia conforme o fabricante, o motor, o combustível usado, o ano de fabricação e outros fatores.

Em 2009, o Ministério do Meio Ambiente e o Ibama lançaram um sistema para que todos descubram o quanto um carro pode poluir o ar, o Programa Nota Verde. O veículo mais ecológico recebe cinco estrelas, que é a nota máxima.

Para saber quais são os níveis de emissão de poluentes de um carro, é só entrar no site da Nota Verde e fazer uma consulta escolhendo o ano, a marca, o modelo e a versão do veículo.

Automóveis com emissão de poluentes entre 80% e o limite permitido ganham uma estrela; entre 60% e 80% do limite, duas estrelas; e abaixo dos 60% do limite, três estrelas. São analisados os poluentes monóxido de carbono (CO), hidrocarbonetos não metano (NMHC) e o óxido de nitrogênio (NOx).

Se o carro tiver nível de emissão de gás carbônico (CO2) abaixo de 80g/km, ele ganha uma estrela, e se ele for movido a combustível renovável, híbrido ou elétrico, ganha mais uma estrela.

Por meio do programa, fizemos uma pesquisa com 30 marcas de veículos das principais montadoras para saber quais são as que poluem mais e, assim, mostrar o quanto é importante usarmos os veículos de forma racional. Taí mais um motivo para pedirmos e oferecermos carona, certo?

31/01
Amigo da Carona no Diário de Mogi

Mais informações sobre a campanha Amigo da Carona foram divulgadas na edição de hoje do Diário de Mogi. A diretora administrativa do Raízes, Silvia Alves, explicou como a ação surgiu e como ela funciona. Olha só:

PS: As fotos do primeiro dia de aula dos alunos da serra e do primeiro passeio de pônei do ano dos alunos da educação infantil estão no nosso Flickr. Atualizado terça-feira (31), às 17h35.

Quem são os amigos da carona?

Para facilitar o acordo das caronas, vamos publicar o nome dos pais que estão participando da campanha, conforme os pedidos de participação vão chegando.

Do condomínio Aruã, a Sandra já combinou de levar a Sarah, amiga do seu filho Luca. Outras mães interessadas em dividir carona são a Viviane Ramalho, a Pamela Carminato e a Maria Helena Brizido.

A Anali, mãe do Gabriel, está oferecendo caronas na Vila Rubens, e o Luiz Fernando solicitou uma carona para a Maria Clara, que fica no Centro, no antigo largo 1º de Setembro.

Na Vila Suissa, a Veruska, mãe do Adrian, e a Andrea, mãe da Eloah e da Alice, também estão oferecendo caronas. Os nomes de todos os participantes e dos bairros estão no mapa da campanha, que pode ser visto nesse link.

Quem tiver interesse em solicitar carona para quem já está participando, deve procurar a secretaria do Raízes para pegar o contato dos pais, certo? Dúvidas? Então, mandem um e-mail para colegioraizesmogi@gmail.com.

PS: O cardápio do almoço também foi alterado (na terça-feira da terceira semana). Para ver o novo arquivo, clique aqui.

Poluentes veiculares

É fato: o crescimento da frota de veículos no país, apesar de facilitar nosso deslocamento, causa impactos negativos ao meio ambiente. Muitas das substâncias que poluem o ar surgem com a queima de combustíveis fósseis, como a gasolina, o que prejudica nossa saúde e qualidade de vida.

Para mostrar a importância de reduzir a quantidade de carros que andam nas ruas, montamos uma tabela com os principais poluentes veiculares e os danos que eles causam. Os dados são do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

 

30/01
Colégio Raízes na TV Diário

A campanha Amigo da Carona já é referência na cidade e foi apontada como alternativa para melhorar o trânsito, principalmente nesta época de volta às aulas, pela reportagem da TV Diário.

A matéria foi ao ar na primeira edição do Diário TV de hoje. Se você não pode assistir ao vídeo, é só clicar aqui e ir até a página da emissora.

PS: Fizemos uma alteração no arquivo com o cardápio do lanche (na quinta-feira da terceira semana). Para ver a imagem correta, é só clicar aqui.

Experiência que deu certo

Alguns pais deixaram comentários aqui no blog para contar que já participam de um esquema de carona com outros pais, como o que o Raízes propoz com a campanha Amigo da Carona.

E, para mostrar logo nesse primeiro dia de aula que a iniciativa dá certo, conversamos com a Flávia Cassola, que há sete anos troca viagens com a Vanderli Prieto. Em 2011, também foram convidadas a Sueli Lacerda e a Maria Tereza Cassola. Atualmente, elas transportam oito crianças em dois carros.

A Flávia destacou que, para as caronas derem certo, é necessária uma grande comunicação e compreensão entre os pais, principalmente quando é preciso trocar dias e horários combinados. “Conosco sempre deu certo!”.

Como surgiu a ideia de combinar as caronas?
Surgiu porque morávamos perto e eu trabalhava fora de Mogi alguns dias da semana, portanto, não tinha como pegar minhas filhas todos os dias. A Vanderli se ofereceu para pegá-las quando eu não estivesse e eu pegava todos quando estava por aqui.

Como vocês se organizaram?
Nós fazemos um rodízio durante a semana, em função do horário de saída das crianças. Ainda vamos combinar os horários para este ano.

E as crianças, o que acharam?
As crianças gostam, pois podem voltar conversando sobre o dia, interagindo com amigos que são de outras turmas e fazendo de nossos carros uma extensão da escola. Nós transportamos oito crianças em dois carros diariamente, todas no cinto de segurança.

Quais os benefícios de oferecer ou pedir as caronas?
Os maiores benefícios são a diminuição do gasto de combustível, o que reduz a emissão de poluentes, e o tempo economizado. Além disso, temos de considerar a consolidação da amizade entre as famílias, tanto as crianças quanto os pais.

O que você achou da campanha Amigo da Carona?
A iniciativa do colégio vem ao encontro das propostas que ele prega. Esta é uma atitude voltada à preservação do meio ambiente, mas que também visa a ajuda mútua e, de quebra, facilita o relacionamento entre alunos e pais da escola.

27/01
O que fazer para diminuir o trânsito?

Nos últimos 15 anos, o uso de transporte individual (tanto de carros, quanto de motos) aumentou. Por consequencia, a procura por transportes coletivos diminuiu.

Quem anda diariamente de ônibus para ir trabalhar ou estudar pode não acreditar nessa afirmação, já que esse meio de transporte continua lotado. Mas, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, de 1996 até 2011, a frota de veículos no Brasil cresceu 7% ao ano e a de motocicletas, 15%, enquanto que o transporte público perdeu, em geral, cerca de 30% de passageiros.

E sabe de outro problema? A tendência é essa frota aumentar. Vocês já pararam para imaginar como vai ficar o trânsito das cidades com tanto automóvel circulando nas ruas?

Atualmente, a frota de Mogi das Cruzes é de 171.854 veículos, somando carros e motos. São 2,33 habitantes para cada veículo. Nesse cenário, a adoção de medidas para reduzir o número de automóveis nas ruas é necessária, já que quanto maior o trânsito, maior a poluição, o risco de acidentes e até mesmo o estresse de ficar parado dentro do carro.

Até porque, não faz muito sentido andar em um carro com apenas uma ou duas pessoas, quando ele comporta até cinco. O Colégio Raízes acredita que uma das soluções viáveis é oferecer e pedir carona. Por isso, lançamos a campanha Amigo da Carona. Quer saber como a ação funciona? Então, clique aqui e veja o nosso mapa!