10/10
O que é pronome?

gramática (6)O que é pronome? E para que ele serve?

Em pequenos grupos os alunos do 6º ano confeccionaram cartazes com os pronomes aprendidos em sala: possessivos, pessoais do caso reto e oblíquo e pronomes demonstrativos.

O intuito da atividade foi despertar a cooperação em grupo e aplicar os conhecimentos aprendidos em sala de modo que as produções sejam usadas como material de estudo para as próximas aulas.

Os cartazes são compostos por uma explicação do pronome tabela de concordância de gênero e número e exemplos criados pelos alunos.

E os alunos do 9º ano testaram suas habilidades gramaticais e interpretação de texto com uma lista de exercícios com os mais diversos tópicos já abordados em sala até agora!

Contando com textos de Manuel Bandeira e Manuel de Barros os alunos puderam em grupo colocar em prática todo o domínio de conteúdo e aguçar a interpretação de texto que é essencial em qualquer situação! Confira aqui!

11/09
Uma palavra e um espaço

IMG-20180910-WA0013Sabemos que a utilização de atividades que possibilitam a criança a pensar sobre as características do sistema alfabético de escrita favorece a sua reflexão e autonomia frente à sua própria escrita.

Foi apresentado aos alunos do 1º ano figuras diversas. A partir das imagens a professora instigou-os a pensarem sobre o que havia além da imagem.

A partir disso, os alunos foram escrevendo pequenas frases, usando a própria imaginação, em seguida a prô perguntou aos alunos qual frase ficou mais fácil de ler e entender o que estava escrito.

Quando todos terminaram os alunos fizeram  um momento de diálogo coletivo sobre as diferentes frases elaboradas.Veja aqui!

05/09
Ciência com Português

IMG_20180903_083105979_HDRComo aprender ciência?

Artigo de divulgação científica é um tipo de texto expositivo e argumentativo mais elaborado. São escritos diante de pesquisas, aprofundamentos teóricos e resultados de investigações sobre determinado tema.

Eles são escritos por pesquisadores e especialistas no assunto dedicados ao ramo da ciência por meio de métodos científicos.

Possuem a finalidade principal de “popularizar a ciência”, ou seja, levar o conhecimento científico, transmitindo assim diversos informações de valor indiscutível, para pessoas que não são da área.

Os alunos do 7º ano, tiveram contato com essa modalidade de escrita, e puderam fazer uma roda de leitura para conhecer a ciência de maneira mais divertida. Foram lidos diversos artigos curiosos, e em seguida houve uma discussão bem produtiva sobre os assuntos abordados.

Já o 6ºano, teve a oportunidade de participar de um importante debate, onde o assunto principal era sobre o uso de celulares em sala de aula, a sala foi dividida em 2 grupos, sendo um a favor e outro contra.

Os alunos puderam ter contato com diversos argumentos, já que a proposta era argumentar sobre o tema. Essa atividade estimulou o senso crítico dos alunos, ampliando sua visão de mundo.IMG_20180903_075549299

21/08
O que é a sílaba?

3º ANO (2)Quantas sílabas têm aqui?

As sílabas têm uma função importante na comunicação, elas são junções de letras. Uma ou mais sílabas são necessárias para formar uma palavra. A quantidade de sílabas que podem ser formadas unindo caracteres é quase infinita.

Para compreender melhor a formação das palavras e identificar o seu número de sílabas, a prô do 3º ano, dividiu a sala em quatro grupos,  cada grupo recebeu palavras onde tinham que cortar em sílabas e depois montar as palavras no cartaz.

Cada cartaz representava uma classificação das palavras como monossílaba, dissílaba, trissílaba e polissílaba.

Uma atividade que além de trabalhar os conceitos da Língua Portuguesa, também ajudou os alunos no trabalho em equipe. Confira aqui.

22/05
Ditado da Explosão

1º ano (3)BUMMM…

Que tal ler de uma maneira diferente?

A cada estouro um desafio: uma palavra surgia e os alunos deveriam ler.

No 1º ano os alunos fizeram o “Ditado da explosão”, uma forma dinâmica e divertida de fixar as famílias silábicas aprendidas.

Em cada balão, havia uma palavra e à medida que os alunos estouravam uma bexiga, deveriam ler a palavra que estava escondida dentro dela.

O ditado é um instrumento que serve como uma forma de estudo.  Ele pode funcionar como um mapa para detectar possíveis dificuldades do grupo de palavras estudadas. Pode ser também uma estratégia de ensino para trabalhar ortografia e normas gramaticais.

Uma maneira divertida de fixar os conteúdos. Eles se divertiam muito a cada explosão.Veja aqui

15/05
E a herança vai para quem?

5º ano (2)Já imaginou um texto bem desenvolvido e bem escrito, mas com erros fatais de pontuação?

A pontuação tem a difícil missão de marcar na escrita as características próprias da oralidade e estabelecer as relações entre as palavras e as expressões. O emprego da pontuação pode alterar muito a interpretação de um texto.

Ela é a ferramenta que organiza, que sinaliza o texto que será lido, proporcionando ao leitor a capacidade de compreender perfeitamente o que o autor se propôs a argumentar.

Pensando nisso, a prô do 5º ano deu aos alunos a difícil tarefa de desvendar um mistério.

Um homem, muito rico, em seu leito de morte resolve deixar orientações para a divisão de sua fortuna e escreve assim:

“Deixo os meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do alfaiate nada aos pobres.”

E agora, quem herdou sua fortuna? O sobrinho, a irmã, o alfaiate ou os pobres? Divididos em grupos os alunos tiveram que usar corretamente os elementos de pontuação, de modo que ficasse claro para quem deveria ser dada a herança. Lembrando que todos poderiam herdá-la, dependiam apenas dos sinais de pontuação.

Confira aqui como os alunos distribuíram essa herança!

11/04
Que Português é esse?

GRAMÁTICA (2)Quem nunca ouviu falar, que determinada região do país fala um português “mais correto” do que outra?

Para combater esses mitos linguísticos, que propagam a ideia do preconceito linguístico e apenas reforçam a ideia de que a linguagem é um instrumento de poder simbólico, os alunos do 6º ano, fizeram uma pesquisa sobre o assunto.

A linguagem é um instrumento da comunicação, e deve ser utilizada de maneira democrática.

Na modalidade escrita é importante preservarmos a língua prescrita pelas gramáticas, caso contrário nossa língua portuguesa ficaria vulnerável. Já imaginou se cada um de nós inventasse regras,alterando as regras gramaticais já impostas?

Já para os alunos do 7º e 8º ano, para revisaram o conteúdo trabalhado no trimestre e aperfeiçoaram os estudos gramaticais, fizeram a aula invertida, onde através de pesquisas prepararam o material para apresentação, podendo assim revisar ou reforçar um conceito já estudado.

E o 9º ano, com papel sulfite e muita criatividade, estudou sobre as orações coordenadas e subordinadas, trocando as folhas e analisando uns dos outros, fizeram uma revisão muito eficiente.

Confira aqui!

06/02
A canoa virou…

1º ANO

Sabemos que com um simples pedaço de papel, dobrado e desdobrado, se pode criar e inovar, formando figuras diferenciadas, tais como transformar o papel em pássaro, em borboleta, barco, apenas para mencionar as formas tradicionais, podendo criar uma infinidade de outras formas ou figuras.

O trabalho das dobras no plano e espaço,desenvolvem a paciência, o relaxamento, a memorização, a exatidão e a coordenação motora necessárias, contribui para a integração de grupos, para criar histórias,e nos fazem viajar na imaginação.

Pensando nisso, a professora do 1º ano propôs a confecção de um barco,além disso cantaram uma música relacionada ao assunto.Uma atividade criativa e bem divertida para socializar os alunos.

Confira no vídeo a atividade completa:

21/11
Substantivo X Adjetivo

2º ano (2)A professora do 2º ano apresentou aos alunos as formas, significados e classificação das classes gramaticais com o objetivo deles diferenciarem os substantivos e adjetivos.

Em dupla, recortaram os substantivos de reportagens, escreveram uma frase com a palavra usando um adjetivo e reforçando a aprendizagem.

Em seguida fizeram um ditado no IPad,onde a professora ditava um substantivo e eles tinham que escrever um adjetivo para a palavra.

Dessa forma, além de aprenderem as classes gramaticais, puderam reforçar o aprendizado utilizando a tecnologia como ferramenta para o processo ensino-aprendizagem.

Confira como foi esse aprendizado aqui

25/04
Terceiro aprende com o jogo da garrafa

Terceiro aprende com o jogo da garrafa

A prô Luciana colocou a turma do 3º ano em um círculo fora da sala de aula para explicar melhor o conteúdo da aula. Eles aprenderam sobre antônimos e sinônimos.

No meio do círculo estavam algumas palavradas viradas para baixo. Depois de a prô girar a garrafa, onde ela parava o aluno tinha de pegar o papel e dizer o antônimo ou sinônimo da palavra escolhida.

A atividade lúdica ajuda a turma a fixar melhor o conteúdo que já havia sido trabalhado em sala de aula. Sem contar a diversão, não é?

Tem todos da aula aqui.