22/10
Copo se transforma

MÚSICA 2 MÚSICA 3Por meio do contato com a música a criança aprende a conviver melhor com outras crianças, estabelecendo um diálogo mais harmonioso, o que contribui para relação interpessoal e o convívio em sociedade, promovendo ainda o desenvolvimento do senso de colaboração e respeito mútuo.

Trabalhar a imaginação junto com as transformações que a música sugere “esse copo vai virar…” Os alunos repetiram e transformaram o copo no objeto indicado com o movimento.

O objetivo da aula foi proporcionar as crianças vivências sonoras, musicais e corporais que favorecessem a escuta intencional, a apropriação do universo sonoro musical, a imaginação, a exploração e criação de novos sons, ritmos, melodias e movimento.MÚSICA

 

04/10
Tumm e Páa

MÚSICA (1)Com o objetivo de conhecer as variações de timbre do instrumento (grave e agudo), a prô de música propôs uma atividade de introdução ao Cajon.

Uma vez que os alunos do 2ºano entenderam a funcionalidade do instrumentos, usaram a criatividade para criar linhas rítmicas em que os outros colegas na roda distinguiam como grave:tum e agudo:pá,dessa forma criando uma comunicação entre o instrumentista e os ouvintes.

Observando os sons da natureza e os instrumentos musicais, os alunos do 3º ano criaram um link lúdico entre os instrumentos musicais já estudados até então e os sons da natureza com suas representatividade .

Após ouvir os instrumentos musicais, os sons da natureza, e suas correlações, os alunos desenharam os instrumentos mais apropriado para representar o elemento da natureza que escolheu.

Os alunos do 4º ano, participaram de um desafio: musicalizndo uma letra de canção curta com o objetivo de musicar com instrumentos (ukulele/pandeiro e gaita),os trechos musicais que compuseram na aula da profª Regiane.

Os alunos pegaram suas respectivas letras de música e colocaram ritmo, harmonia e elaboraram mais a melodia, explorando também a performance em frente a um público.

Também fizeram  introdução ao cajon com os timbres e explorando a parte técnica de coordenação motora e reconhecimento rítmico.

Pau de rumba na marcação do tempo e alternância!

Com o objetivo de trabalhar o pulso constante, com alternância de movimentos nos finais de frases sincronizado com a sala inteira e o canto,os alunos do 5º ano trabalharam o conceito de pulso.

Como gota pingando e como o ponteiro de segundos do relógio que marca constantemente um pulso fixo enquanto outros elementos como letra e melodia acontecem em cima da marcação.

Confira mais fotos, aqui!

10/09
“Quem roubou o pão na casa do João?”

MUSICALIZAÇÃO (1)A turminha do maternal teve o 1° contato com o ukulele. Instrumento harmônico usado com o acorde de Dó Maior pressionado na terceira casa da primeira corda.

Exercitaram a coordenação motora ao tocar o instrumento e disciplina ao esperar a sua vez,enquanto ouviam o amigo tocar.

A música abordada foi “roubou pão na casa do João”, em que tocava-se o ukulele cantando a música e parava para ouvir a resposta do amigo.

Já a atividade do Jardim I e II e o 1º ano foi:”Dim Dim Dom” – juntando os dedos da palma da mão os alunos exercitaram a coordenação motora junto com a percepção do pulso no cowbell.

Cantando ” Dim Dim Dim (no polegar) Dim Dim dom (no indicador) dona mariquinha (no anelar) deixe entrar (no mindinho) olê olê olê/ole ole Olá/ dona mariquinha deixe entrar (cruzando o dedo do meio alternadamente junto com a música).

Além de estimularem a coordenação motora, os alunos exercitaram a percepção do tato e olfato.

 

23/08
A Música e a Flauta Doce

MÚSICA (2)A música sempre esteve presente na cultura da humanidade. As poesias acompanhadas por sons, e os poemas, que visam à musicalidade nas suas criações, são exemplos do uso artístico da música, no qual o objetivo é proporcionar prazer aos ouvidos e despertar sentimentos.

A música é vista como uma modalidade que desenvolve a mente humana, promove o equilíbrio, proporcionando um estado agradável de bem-estar, facilitando a concentração e o desenvolvimento do raciocínio, em especial em questões reflexivas voltadas para o pensamento.

E para praticar a coordenação motora e ampliar a percepção auditiva dos alunos, a prô de música iniciou o uso da flauta doce com a turma do 2º ano,utilizando a música de hipnotizar cobra com as notas Re Mi Fa e Sol.

Já os alunos alunos do 3º ano, ampliaram seu repertório musical com a canção “ Brilha Brilha estrelinha com articulação em estacato.

O 4º ano, aprendeu  a controlar a dinâmica do som, o volume e a afinação utilizando a música da cobra hipnótica como referência motora. Juntamente com aquecimento diatônico de Do a Si.

A turma do 5°ano praticou afinação e articulação da flauta doce e aquecimento com localização de notas em uma oitava.

Veja aqui essa aula musical!

27/06
Criando um Jingle

8º ano (2)O que é um Jingle ?

Jingle também é o ato de fazer algo tilintar ou soar.

Em grupos os alunos do 8º e 9º ano escolheram um produto real, a partir daí criaram um Jingle para a marca ou estabelecimento com as características adequadas de rimas e melodias.

Eles entenderam a diferença entre Jingle, Vinheta, merchandising e slogan, usando a criatividade para criar dentro dos parâmetros estabelecidos dos exemplos apresentados anteriormente.

E com o objetivo de incentivar a socialização e resgatar os conhecimentos já estudados há algum tempo o 7° Ano participou do jogo de tabuleiro musical .

Neste jogo os alunos aplicaram o conhecimento musical aprendido até agora, tocando instrumentos, batendo palmas, cantando, imitando sons da natureza e percussão corporal.

Além do reconhecimento de instrumentos, definição de sons internos e externos, famílias dos instrumentos música caia, mímica musical, e ainda exercitam o ouvir, entre outros tópicos ao longo do jogo de tabuleiro musical .

Confira aqui como foi assa aula musical!

04/06
Musicalização

músicalização (2)A música é de suma importância para aprendizado da criança,além de ser um recurso eficaz e prazeroso, faz com que as crianças expressem seus sentimentos e emoções, facilitando a aprendizagem.

O trabalho com música, desde cantigas de rodas, música regionais, ou parlendas, contribui no aprendizado e na vida social da criança.

A música é uma expressão viva da cultura de um país e pode ser desenvolvida e praticada com materiais diversos, desde uma garrafa pet, que pode ser transformada num chocalho, até os instrumentos mais sofisticados.

Na aula de música, os alunos ficaram atentos aos sons produzidos com materiais descartáveis, estimulando a audição para os diferentes tipos de sons.

Cada batuque era motivo de diversão!

17/05
Duelo musical

MÚSICA (9)O que vamos tocar hoje?

Já dizia o filósofo chinês Confúcio que “a música produz um tipo de prazer que a natureza humana não pode prescindir”, além de trazer benefícios sociais e motores.

A arte de tocar um instrumento exige muita coordenação olhos-mãos-dedos-pulsos-movimentos-braços. A reprodução de música por si mesmo requer que você se concentre em coisas ao mesmo tempo, como ritmo, altura, tom, melodia, duração da nota e qualidade de som.

Os alunos puderam explorar os diferentes timbres do coco, através do trabalho conjunto e duelos entre equipes.Praticaram a concentração com o sincronismo motor,  a paciência e concentração na rotatividade dos instrumentos atentando-se para a letra de Asa Branca.

Tiveram também a introdução ao ritmo Baião. Utilizando triângulo, coco, palmas e pés com a cantoria da letra da música.

Veja mais aqui!

23/04
Tchibum e os elementos de percussão

MÚSICA (2)MÚSICA (5)Tump, tump, tump, tump…

Ron, ron, ron, ron…

Fhhh, fhhh, fhhh, fhhh…

A música é de suma importância na educação das crianças. Ela contribui para o desenvolvimento psicomotor, socioafetivo, cognitivo e linguístico, além de ser facilitadora do processo de aprendizagem.

Com a música Tchibum os alunos do maternal ao 1º ano, tiveram uma interação com os instrumentos percussivos.

No maternal houve uma interação rítmica básica de pulso e contagem,mas também exploram a  cooperaçao na rotatividade dos instrumentos.

Para os alunos do infantil, desenvolveram a  percussão corporal e brincadeira de mão, explorando coordenaçao motora e conexão/sincronia com o outro.

E a turminha do 1° ano trabalhou com os instrumentos percussivos alternados, além da música tchibum escutaram também boneca de lata, exercitando a rotatividade, concentração, percepção rítmica e melódica cantando e tocando.

Veja como foi essa aula musical!

05/04
O que tem na música?

Música (1)Quem não gosta de ouvir música?

E o que precisamos para compor a música?

Para estimular o trabalho em grupo e a criatividade em equipe a prô de música  propôs a composição em grupo.

As composições são baseadas no conhecimento sonoro que o compositor adquiriu no local onde vive. A música que cada um compõe depende do lugar e da época em que viveu.

Além disso, trabalharam o timbre que é como se fosse  a “cor” do som. Aquilo que distingue a qualidade do tom ou voz de um instrumento ou cantor. Observaram o timbre de lata abafado e solto, com a canção “boneca de lata”.

Os alunos puderam perceber que a intensidade é a força do som, também conhecida como sonoridade, permitindo que eles diferenciassem o som fraco  e o som forte.

Uma aula cheia de ritmos e melodias.Música (2) Música (3)

Evolução nos meios de áudio

Citação

música (1)Alguém lembra da fita K7?

Quem já ouviu música em disco de vinil?

Muita gente não lembra desses objetos para apreciar as boas músicas.O universo das mídias de áudio são muito amplas e possuem diferentes linguagens, as quais evoluíram ao longo dos anos.

A proposta da professora de música foi apresentar aos alunos a relação e evolução das mídias de áudio ( rádio / disco de vinil / fita k7 / CD / MD / MP3 / internet) defendendo as vantagens e oferecendo alternativas para os pontos negativos.

Os alunos conheceram os pontos positivos das mídias e verificaram alternativas para suas limitações e desvantagens.

O objetivo foi demonstrar a evolução dos diferentes meios de áudio, apresentar os objetos citados, transportá-los para uma viagem histórica, além do que conhecem nos dias atuais em termos de consumo de material musical.

Veja aqui essa viagem no tempo!