25/05
Quem sou eu?

filosofia (3)Quem sou eu?

O que te faz feliz?

De forma descontraída os alunos se dividiram em dupla e trabalhando com o conceito de empatia, eles realizaram uma entrevista com os amigos de sala.

A empatia é uma das qualidades do ser humano ligadas à inteligência emocional,consiste em fazer uma viagem para fora de si na tentativa de enxergar as situações da vida de uma outra pessoa , ou seja, é uma maneira de conhecer o outro, de uma maneira nova.

As perguntas foram formuladas e orientadas pelo professor de filosofia. Perguntas como cor predileta, o que o deixa feliz, o que o deixa triste, entre outras.

Desta forma o aluno poderia se conhecer ao responder às questões, fazendo com que aconteça uma troca de experiência e a análise do seu eu.

E aí, o que você gosta de fazer nas horas vagas? Vamos conferir essa experiência?

24/05
Pega Rabo

jiu-jitsu (3)Para estimular o treino e ainda promover um aquecimento, o professor de jiu-jítsu propôs uma atividade que desenvolve a agilidade, o condicionamento físico e velocidade.

Consiste em um tipo de pega-pega, cada aluno tem preso na parte de trás da faixa um pedaço de pano e na atividade o aluno deve proteger o seu e retirar os dos amigos, ganha a brincadeira o ultimo que ficar com o tecido ainda preso a faixa.

Foi um excelente aquecimento antes da luta, estimulando o extinto de defesa com agilidade.

O aquecimento do corpo não deve ser entendido como algo separado da atividade física. Ele é parte fundamental e necessária para um bom aproveitamento dos movimentos e deve ser feito como primeira parte do processo.

Aumentar a temperatura corporal corretamente, com o aquecimento antes da atividade física, traz muitos benefícios para o organismo, como aceleração do metabolismo, aumento da velocidade e da força de contração muscular, além de auxiliar na coordenação motora.

Vamos conferir?

22/05
Ditado da Explosão

1º ano (3)BUMMM…

Que tal ler de uma maneira diferente?

A cada estouro um desafio: uma palavra surgia e os alunos deveriam ler.

No 1º ano os alunos fizeram o “Ditado da explosão”, uma forma dinâmica e divertida de fixar as famílias silábicas aprendidas.

Em cada balão, havia uma palavra e à medida que os alunos estouravam uma bexiga, deveriam ler a palavra que estava escondida dentro dela.

O ditado é um instrumento que serve como uma forma de estudo.  Ele pode funcionar como um mapa para detectar possíveis dificuldades do grupo de palavras estudadas. Pode ser também uma estratégia de ensino para trabalhar ortografia e normas gramaticais.

Uma maneira divertida de fixar os conteúdos. Eles se divertiam muito a cada explosão.Veja aqui

21/05
Os Movimentos da dança

DANÇA (3)Dançar é se sentir livre, é conhecer o corpo e aprender a se expressar através dele. O exercício da dança mexe com todos os músculos do corpo ao mesmo tempo.

A dança traz benefícios como aumento da flexibilidade, aprimoramento da coordenação motora, melhora a respiração.

Quem dança tem mais facilidade para construir a imagem do próprio corpo, fundamental para o crescimento e a maturidade da criança.

Nessa atividade as meninas puderam explorar o espaço e os sentidos, trabalhando a expressão artística baseada no movimento corporal.

17/05
Duelo musical

MÚSICA (9)O que vamos tocar hoje?

Já dizia o filósofo chinês Confúcio que “a música produz um tipo de prazer que a natureza humana não pode prescindir”, além de trazer benefícios sociais e motores.

A arte de tocar um instrumento exige muita coordenação olhos-mãos-dedos-pulsos-movimentos-braços. A reprodução de música por si mesmo requer que você se concentre em coisas ao mesmo tempo, como ritmo, altura, tom, melodia, duração da nota e qualidade de som.

Os alunos puderam explorar os diferentes timbres do coco, através do trabalho conjunto e duelos entre equipes.Praticaram a concentração com o sincronismo motor,  a paciência e concentração na rotatividade dos instrumentos atentando-se para a letra de Asa Branca.

Tiveram também a introdução ao ritmo Baião. Utilizando triângulo, coco, palmas e pés com a cantoria da letra da música.

Veja mais aqui!

16/05
Poema e Poesia-Uma questão de provocação

REDAÇÃO (7)

REDAÇÃO (9)

Para compreenderem a diferença entre Poema e Poesia, os alunos fizeram uma releitura das poesias de Cecília Meireles.

Entenderam que as poesias são caracterizadas pela utilização de recursos para expressar a linguagem de forma especial e diferente do normal, e provoca diversos efeitos de sentido naqueles que recebem a mensagem.

Dentre os recursos usados para causar efeitos e sensações, estão os recursos sonoros, como por exemplo, o ritmo, a rima, e o uso da linguagem para sugerir imagens, como as metáforas e as personificações, por exemplo.

Entretanto, os poemas são também poesias, mas usam a palavra como matéria prima. Trata-se de obras em verso, composições poéticas, ou ainda refere-se à arte de retratar no papel a poesia.

O 6º ano, além de desenvolver a habilidade de leitura, que lhes permitiu distinguir um texto do outro, e forma de escrita, compuseram seus próprios poemas. O 7º ano construiu um lindo soneto em grupo.

No 8º ano, os alunos aprenderam sobre figuras de linguagem e foram buscar nas músicas da atualidade os exemplos de emprego da Catacrese,  Sinestesia e Perífrase.

Já o 9º ano aprendeu estrutura de Hakai e poesia concreta. Buscaram nas poesias de Paulo Leminski a inspiração para confeccionar um lindo cartão de dia das mães.

Confira aqui esse aprendizado!

15/05
Dia do Brinquedo

brinquedoE o dia preferido das crianças está chegando: o Dia do Brinquedo.

Será na próxima sexta-feira, dia 18, ok?

Lembrando que as turminhas da educação infantil e do 1º ano do ensino fundamental podem trazer um brinquedo para o Raízes.

Vale jogos variados, carrinhos, bonecas, pelúcias, entre outros.

Pedimos apenas que os alunos não tragam brinquedos eletrônicos.

E a herança vai para quem?

5º ano (2)Já imaginou um texto bem desenvolvido e bem escrito, mas com erros fatais de pontuação?

A pontuação tem a difícil missão de marcar na escrita as características próprias da oralidade e estabelecer as relações entre as palavras e as expressões. O emprego da pontuação pode alterar muito a interpretação de um texto.

Ela é a ferramenta que organiza, que sinaliza o texto que será lido, proporcionando ao leitor a capacidade de compreender perfeitamente o que o autor se propôs a argumentar.

Pensando nisso, a prô do 5º ano deu aos alunos a difícil tarefa de desvendar um mistério.

Um homem, muito rico, em seu leito de morte resolve deixar orientações para a divisão de sua fortuna e escreve assim:

“Deixo os meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do alfaiate nada aos pobres.”

E agora, quem herdou sua fortuna? O sobrinho, a irmã, o alfaiate ou os pobres? Divididos em grupos os alunos tiveram que usar corretamente os elementos de pontuação, de modo que ficasse claro para quem deveria ser dada a herança. Lembrando que todos poderiam herdá-la, dependiam apenas dos sinais de pontuação.

Confira aqui como os alunos distribuíram essa herança!

13/05
Feliz Dia das Mães

Post_13-05-Dia Maes_Raizes-01“Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você…”

Feliz Dia das Mães!

12/05
PLATAFORMA UNOI

Um dos recursos mais acessados na plataforma LMS é o Fluent@Home e os áudios que estão exclusivamente na plataforma.

Temos em anexo um guia para acesso aos áudio. Confira no Become Fluent@Home (Become) e do Fluent@Home (Bilingual).

Qualquer dúvida entrar em contato com a secretaria.